Por Redação | autoindustria@autoindustria.com.br

Nos três primeiros meses do ano, partiram das fábricas brasileiras da Mercedes-Benz 2.134 caminhões para abastecer mercados externos. O volume representou um crescimento de 37% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando as remessas da marca somaram 1.555 unidades.

Pelo ordem, Argentina, Peru e Chile se apresentaram como os maiores compradores dos produtos da marca. Para o primeiro, a Mercedes-Benz enviou 1.372 caminhões. Embora seja o maior mercado de exportação para a empresa, o volume foi praticamente o mesmo ao obtido um ano antes. Para os outros dois países, no entanto, as expansões registradas no primeiro trimestre foram de 570% e 390%, para 482 e 186 unidades, respectivamente.

Segundo Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América, as exportações estão superando as expectativas da fabricante. “E não é só para o mercado latino-americano que estamos vendendo caminhões. Estamos avançando as nossas vendas para países da África e Oriente Médio. A participação da exportação na produção saltou de 10%, em 2014, para 40%, em 2017.”

O crescimento nas exportações de caminhões da empresa se mostra bem acima do total de embarques registrado. De acordo com os números da Anfavea, no primeiro trimestre do ano as remessas somaram 7.324 unidades, alta de 25,3% sobre o volume anotado um ano antes, de 5.844 caminhões.

Anúncio

Leia mais

→Mercedes-Benz na era da produção conectada

→Mercedes-Benz entrega 50 ônibus na Colômbia

→Mercedes-Benz do Brasil exporta para o Líbano

→Mercedes-Benz conquista novos negócios no Chile

De acordo com dados da Mercedes-Benz, a empresa segue trajetória de crescimento das exportações de caminhões. No ano passado, a marca apurou alta de 25% nas vendas externas do segmento, saltando de 6.382 unidades, em 2016, para 7.986 veículos, em 2017.

Ao somar as remessas de 1.239 ônibus no período, a empresa acumulou embarques de 3.373 veículos comerciais vendidos ao mercado externo no primeiro trimestre, alta 11,65% sobre as 3.021 unidades exportadas em 2017.


Foto: Mercedes-Benz/Divulgação