Por Redação| autoindustria@autoindustria.com.br

Empresa 100% brasileira, a Corpus Saneamento e Obras acertou nesta segunda-feira, 21, na sede da BYD na China, a aquisição de 200 caminhões 100% elétricos para o serviço de coleta de lixo. A cerimônia de assinatura do contrato, que prevê entregas anuais até 2023, marcou também a entrega dos primeiros 21 veículos que chegarão ao Brasil em setembro.

“Estamos nos antecipando e colaborando para uma sociedade melhor e mais limpa e saudável”, comentou André Valente, gerente-geral de negócios privados da Corpus. “Isto está alinhado à nossa história de pioneirismo, com a utilização de fontes de energias renováveis e com o projeto da energia gerada no aterro, por meio do qual vamos alimentar toda a frota e assim fechar um ciclo sustentável”.

A Corpus é a primeira empresa na América Latina a formar uma frota dessa magnitude para a realização do serviço de coleta e processamento de lixo.

“O caminhão BYD eT8A é o mais silencioso e confortável do mercado destinado à coleta de lixo. O seu desempenho foi comprovado pelo cliente e superou o dos modelos convencionais a diesel. Possui menor CTP – Custo Total de Propriedade – que os disponíveis no mercado brasileiro e proporciona benefícios diretos ao meio ambiente e para o bem-estar da população”, comenta Carlos Roma, diretor de vendas da BYD do Brasil.

Anúncio

Fundada em 1987 pelo engenheiro Cineas Feijó Valente, a Corpus Saneamento e Obras iniciou atividades no segmento de limpeza urbana. Atualmente, é especializada em coleta, transporte e destinação final de resíduos (de origem domiciliar a perigoso), gerenciamento total de resíduos e implantação de aterros sanitários.

Também é especializada em limpeza de prédios públicos e privados, compostagem e produção de fertilizante orgânico e manutenção de áreas verdes, entre outros serviços. Atende hoje clientes tanto de São Paulo como de outros estados, com profissionais especializados que formam uma equipe com 8 mil colaboradores.

A Corpus foi pioneira na América Latina a implementar, ainda em 2010, o sistema de coleta soterrada e a primeira do Brasil a adotar, em 2012, veículos para essa atividade totalmente mecanizados e coleta domiciliar com monitoramento 100% digital, na cidade de Salto, igualmente no estado de São Paulo, desde 2011.

A BYD, fundada em 1995, inaugurou sua primeira fábrica no Brasil em 2015 – em Campinas, no interior paulista –  para a produção de ônibus elétricos e comercialização de veículos e empilhadeiras. Em abril de 2017, no mesmo local, inaugurou sua planta de produção de módulos fotovoltaicos. A BYD Brasil já emprega cerca de 460 funcionários nas cidades de Campinas e São Paulo.


Foto: Divulgação/BYD China