Desde que a Automec ganhou força no cenário automotivo brasileiro, a Bosch deixou de participar do Salão do Automóvel de São Paulo, que acontece nos anos pares, para concentrar suas forças na feira de autopeças, realizada nos anos ímpares.

Sua última participação no então evento no Pavilhão de Exposições do Anhembi foi em 1994, há 24 anos. Mas em plena era do carro autônomo e da e-mobilidade, a Bosch decidiu que não poderia ficar de fora do maior evento automotivo da América Latina, que em sua 30ª edição acontece de 8 a 18 de novembro no São Paulo Expo.

Afinal, sem os sistemas de condução autônoma e outros componentes que a Bosch e outros fornecedores desenvolvem, a indústria automotiva não teria feito os avanços dos últimos anos e tampouco caminharia para ter o tão propalado veículo que promete rodar sem motorista.

“No final do primeiro trimestre fizemos contato com a Reed Exhibitions Alcantara Machado e fomos informados que este ano teria um conceito inovador no Salão de São Paulo, o Espaço e-Mobily, com foco em eletrificação, conectividade, autonomia e serviços. Vertentes que têm tudo a ver com a Bosch, por isso a decisão de participar”, comenta Carlos Abdalla, gerente de marketing e comunicação corporativa da fabricante.

Anúncio

Para mostrar as tecnologias do futuro, a Bosch trouxe para o salão um simulador que apresenta todas as inovações em termos de automação do veículo, do nível 1 ao nível 5.

Também vai expor uma scooter elétrica, uma bicicleta elétrica e uma oficina moderna, com foco no pós-venda. Além disso, mostrará sistemas já em uso em alguns automóveis brasileiros, como o de frenagem autônoma, e outros que poderão ser incorporados por aqui no curto e médio prazos. A Bosch também participa do evento com palestras sobre e-mobility.

LEIA MAIS

O carro já anda sozinho, mas automação total só em 2025

Salão do Automóvel foca nos elétricos e híbridos

Bosch investirá € 1 bilhão em fábrica de semicondutores

Bosch cresce 7% na América Latina

“Estaremos no Salão do Automóvel deste ano por acreditar no conceito de mobilidade do futuro e para mostrar para os visitantes tudo o que há por trás do automóvel. Estamos bastante animados”, complementa Abdalla.


Foto: Divulgação/Bosch