Por Redação

Com o desafio de tornar a instituição cada vez mais digital, o alemão Christian Schüler assume o cargo de presidente e CEO do Banco Mercedes-Benz do Brasil em substituição a Bernd Barth, que após quase seis anos na função vai liderar, agora, as operações do grupo Daimler Financial Services na Itália, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Suíça, Turquia, Suécia, Dinamarca e Portugal.

“Temos uma área totalmente dedicada à busca de soluções digitais, pois sabemos que as pessoas estão cada vez mais conectadas, seja por meio do desktop, notebook, tablet ou smartphone”, comenta o novo presidente. “Nosso objetivo é facilitar a vida dos nossos clientes, tornando a comunicação com o banco e a contratação de produtos e serviços mais rápida e eficiente”.

A ideia, assim, é oferecer ferramentas e soluções mais dinâmicas e ágeis que tragam ainda mais conveniência. Além disso, o Banco Mercedes-Benz, segundo Schüler, deve focar ainda mais suas ações na oferta de produtos sob medida, que atendam às necessidades de cada cliente – do proprietário de um automóvel Mercedes-Benz aos grandes frotistas –, e na manutenção da excelência do atendimento.

Anúncio

Também é objetivo do novo presidente focar em novos negócios, em aumento da venda de seguros e no reforço da parceria entre a instituição, a fábrica e a rede de concessionárias. “Esse conjunto de ações nos levará à melhoria da eficiência dos processos e, consequentemente, nos manterá como a primeira opção em financiamentos e seguros para os clientes”.

Outra meta de Schüler é colocar o banco no ranking das melhores empresas para se trabalhar. “O Banco Mercedes-Benz valoriza seus profissionais, investindo constantemente em sua capacitação e aperfeiçoamento. A instituição também se preocupa em criar um ambiente de trabalho agradável, o que influencia diretamente no resultado de nossa operação”.

Formado em Administração de Empresas na Academia de Cooperação Educativa (Berufsakademie), em Berlim, Schüler ingressou na Daimler Financial Services em 1996 e exerceu diversas funções, dentre as quais a de presidente e CEO das operações na Argentina (de 2010 a 2014) e na Rússia (de 2014 a 2017).


Foto: Divulgação/Banco Mercedes-Benz