OTerritoy, SUV médio global desenvolvido na China, é apresentado como um carro conceito pela Ford no Salão do Automóvel de São Paulo, que abre suas portas ao público na quinta-feira, 8. A montadora diz que usará o evento do São Paulo Expo para checar a receptividade do público ao modelo, ao mesmo tempo que aproveita a mostra para abrir a pré-venda do Edge ST, também em exposição, por R$ 299 mil.

Em estande montado em formato de galeria de arte com o tema Ford Design Hall, a montadora apresenta, além do Territory e do Edge ST, os conceitos Ka Urban Warrior, Ranger Storm e Ranger Black. Outras atrações da marca são o Fusion Energi, a F-150 Raptor e o Mustang.

Segundo Rogelio Golfarb, vice-presidente da Ford América do Sul, o Fusion Energi, assim como o Territory, ainda não tem lançamento programado no Brasil. “Nos dois casos vamos ver a reação do público durante o salão e só depois tomaremos alguma decisão quanto a vendê-lo por aqui”.

Sobre o Territory, que começa a ser vendido na China no início do ano que vem, Golfarb também não quis detalhar planos, como por exemplo a possibilidade dele vir a ser produzido no Brasil. Com relação ao potencial do mercado brasileiro, o executivo destacou o bom desempenho deste ano e disse acreditar na continuidade do crescimento em 2019, na faixa de 10% a 12%.

Os resultados positivos da marca este ano foram comemorados por Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul, durante a coletiva de imprensa no Salão do Automóvel. “Conquistamos a vice-liderança do mercado brasileiro com o Ka e a a liderança no segmento de SUVs na Argentina com o EcoSport”.

Anúncio

De acordo com os executivos da montadora, o novo Edge ST é o primeiro modelo a trazer para o Brasil a grife Sport Technologies de carros de alto desempenho da Ford. Já ofertado via pré-venda, o SUV chega nas concessionárias da marca no início do ano que vem. Outra atração no salão que também chega em breve no mercado é o EcoSport Titanium sem o estepe na traseira.

Os fãs de superesportivos poderão ver no estande da Ford três Mustangs GT Premium, um deles em versão especial tunada de 1.000 cv.


Fotos: Divulgação/Ford