Com vendas extremamente reduzidas no mercado interno, os modelos Peugeot 308 e 408 não serão mais comercializados pela fabricante no Brasil.

A Peugeot decidiu suspender a importação do hatch e do sedã da Argentina, concentrando suas vendas locais nos SUVs – com foco nos modelos 2008, 3008 e 5008 -, no compacto 208 e também em sua linha de comerciais leves, com os furgões Partner, Expert e Boxer.

Em comunicado emitido nesta terça-feira, 12, a marca do Grupo PSA, com fábrica em Porto Real, no sul-fluminense, confirmou o encerramento das vendas, informando que o 308 e o 408 continuarão sendo produzidos em El Palomar exclusivamente para atender o mercado argentino.

Como o foco da marca francesa será em outros segmentos do mercado, não haverá subsitutos para o hatch e sedã que se despedem do Brasil. Suas vendas serão mantidas até o final dos estoques

Anúncio

LEIA MAIS

Citroën e Peugeot iniciam as vendas dos novos Jumper e Boxer

Peugeot quer ganhar participação com rentabilidade

De acordo com dados da Fenabrave, apenas 434 unidades do Peugeot 308 foram emplacadas no ano passado. O Chevrolet Cruze Hatch, que é líder no segmento, totalizou 5,5 mil unidades.

No caso do sedã 408, foram licenciadas 739 unidades, em um segmento – o de sedãs médios – que teve o Toyota Corolla como líder, com mais de 59 mil emplacamentos.


Foto: Divulgação/Peugeot