Após abrir quatro concessionárias em 2018, a Iveco promete ampliar ainda mais seus serviços de venda e pós-venda no País. O objetivo da marca da CNH Industrial é ter mais dezesseis unidades de atendimento no território brasileiro, entre concesssionárias e pontos assistenciais.

“Em breve vamos ter novidades para apresentar ao mercado”, comenta Marcelo Assis, responsável pela rede da Iveco na América do Sul. “Estamos muito mais fortes agora do que no início da crise, o que prova que o trabalho do time da Iveco deu resultado. Continuamos com um único objetivo: a satisfação total dos nossos clientes”.

A montadora tem atualmente dezesseis pontos assistenciais e 57 concessionárias no Brasil. Nos outros países da América do Sul são 111 unidades de atendimento, entre venda e pós-venda, e mais quatro serão abertos este ano.

No território brasileiro, a Iveco inaugurou no ano passado as concessionárias Turim, em Maringá (PR), Transfuturo, em Nova Iguaçu (RJ), e duas Gallotti, uma em Feira de Santana e outra em Salvador (BA). No caso da capital baiana, a Galotti substituiu grupo que deixou de operar com a marca.

LEIA MAIS

As boas perspectivas da Iveco com a volta ao segmento de médios

Anúncio

Iveco tem nova família de caminhões pesados

Iveco amplia presença no Rio de Janeiro

Também foram inaugurados cinco pontos assistenciais: Turbokit, em Valadares (MG), Auto Center Paraense, em Macapá (AP), Mercediesel, em Vilhena (RO), Rodomimo, em Luis Eduardo Magalhães (BA) e JBR, em Maceió (AL).

Na Argentina foram abertas as concessionárias Fiorasi, em Bariloche, Beta, em Gualeguaychu e Rani, em Jujuy. Equador ganhou um novo ponto de venda, a Autral, em Quito, e o Paraguai a Rodomaq, em Minga Guaçu.

Marcelo Assis, responsável pela rede na região, destaca a presença da Iveco no mercado argentino, onde a marca é líder pelo nono ano consecutivo no segmento acima de 16 toneladas. “Na Argentina, nossa rede está consolidada e preparada para atender todas as necessidades dos clientes. Vamos utilizar essa expertise com o objetivo de ampliar a presença da marca em outros países das Américas.”


Foto: Divugação/Iveco