Com a saída de cena do Scania R440, deixado de ser produzido em dezembro do ano passado para dar lugar a uma nova geração de caminhões da marca, seu maior rival do mercado, o Volvo FH540, passou ocupar o topo do ranking de vendas da Fenabrave, tanto no mercado em geral quanto no segmento no qual atua, o de pesados.

Ao fim do primeiro bimestre, o modelo da fabricante de Curitiba (PR) acumulou 775 unidades vendidas, volume que representou participação de 11,75% das vendas de pesados, de quase 3,2 mil unidades negociadas, ou ainda 5,6% de todo o mercado, que registrou no período 13,7 mil caminhões emplacados.

O desempenho registado até agora pelo veículo da Volvo colocou uma vantagem significativa em relação ao Mercedes-Benz Actros 2651, o segundo colocado, com 635 emplacamentos nos dois primeiros meses do ano, ou 9,6% dos negócios de pesados.

LEIA MAIS

→Volvo estima alta de 30% no mercado de caminhões em 2019

→Scania projeta mercado de caminhões de 10% a 20% maior em 2019

→Mercedes-Benz: continuidade do crescimento a toque de caixa.

Anúncio

→No ano de seu centenário no Brasil, Ford fechará São Bernardo do Campo

Vendas expressivas também mostrou até aqui o Volkswagen Delivery 11.180, o terceiro mais negociado do mercado e líder dos caminhões médios, com 538 unidades vendidas, o que concede ao veículo amplo domínio de 47,4% do mercado da categoria, de 1,1 mil unidades emplacadas nos dois primeiros meses do ano.

Outro Volkswagen, o leve Delivery 9.170 também já se apresenta como modelo que dificilmente será tirado da liderança da categoria. Nos dois primeiros meses do ano, o mercado absorveu 488 unidades do veículo, desempenho que representou 28,6% das vendas de leves no bimestre, de 1,7 mil caminhões.

Em quinto lugar no ranking, o Volvo FH460 acumulou no primeiro bimestre 472 unidades emplacadas, o mesmo que 7,16% das vendas de pesados. Aliás, a categoria segue como a maior força do mercado. Os quase 3,2 mil caminhões pesados licenciados nos dois primeiros meses do ano, representaram 46,6% das vendas totais do mercado interno.

As marcas automobilísticas mais valorizadas

MarcaValor (em US$ bi)
Toyota56,2
Mercedes-Benz50,8
BMW41,4
Honda24,4
Ford14,3
Hyundai14,1
Volkswagen12,9
Audi12,7
Porsche11,6
Nissan11,5
Fonte: Interbrand

Foto: Volvo/Divulgação