O Uber, conhecido mundialmente pelos serviços de compartilhamento, decidiu ir ainda mais fundo no universo automotivo e ser também fabricante de carros. Nesta sexta-feira (14) a empresa e a Volvo Cars anunciaram que pretendem produzir automóveis 100% autônomos conjuntamente.

Os dois grupos já encaminham projetos conjuntos desde 2016. Neste período desenvolveram vários protótipos de carros integralmente autônomos. O recém-apresentado XC90, por exemplo,  é o primeiro modelo de produção que, em combinação com o sistema autônomo do Uber, é capaz de dirigir sozinho.

O SUV  é equipado com os principais recursos de segurança da Volvo Cars que permitem que o Uber instale  seu próprio sistema de direção autônoma. O Uber inclusive considera ter uma frota com a tecnologiapara serviço autônomo de compartilhamento de viagens.

Os veículos Volvo dispõem de diversos sistemas de backup para as funções de direção e frenagem, além de energia reserva para a bateria. Se algum dos sistemas primários falhar por algum motivo, os de backup  agem imediatamente para parar o veículo.

Anúncio

LEIA MAIS

→FCA e Aurora desenvolverão veículos comerciais autônomos

→Brasil é o país menos preparado para veículos autônomos, diz KPMG

“A Volvo é conhecida há muito tempo pelo seu compromisso com a segurança, pilar do seu mais recente veículo autônomo pronto para produção. Quando combinado com nossa tecnologia de direção autônoma, o modelo será um ingrediente-chave no conjunto de produtos autônomos do Uber”, afirma Eric Meyhofer, CEO do Uber Advanced Technologies Group.

“Em meados da próxima década, esperamos que um terço de todos os carros que vendermos sejam totalmente autônomo”, completa Håkan Samuelsson, presidente e CEO da Volvo Cars.


Foto: Divulgação/Volvo