Ionic: modelo já foi apresentado no Brasil e deve ser o primeiro híbrido da Hyundai aqui em 2020.

A Hyundai vai entrar na briga pelo segmento de carros híbridos no Brasil. Durante o lançamentos da linha 2020 do nacional HB20, na Ilha de Comandatuba, Bahia, Eduardo Jin, presidente e CEO da Hyundai Motor Brasil e também para as Américas do Sul e Central, admitiu a importação de um modelo com a tecnologia em 2020.

Jin não antecipou, porém, qual carro pretende trazer com a tecnologia que deve ganhar maior relevância nas vendas internas a partir de agora, com o lançamento do Toyota Corolla nacional a preço competitivo.

Anúncio

Uma boa pista, entretanto, esteve presente nas duas últimas edições do Salão do Automóivel de São Paulo: o Ionic. Modelo lançado na Coreia em 2016 com versões também elétrica e híbrida plug-in, o sedã passou por recente atualização.

O principal executivo da Hyundai não esconde também que a montadora se debruça sobre estudos para ter um motor híbrido flex no futuro. Já o lançamento de carros totalmente elétricos da marca no mercado interno parece bem mais distante. A Hyundai prefere aguardar a criação de infraestrutura de recarga adequada, afirma Jin.

Outro projeto segue em estudo: a produção local dos atuais motores 1.0, 1,6 e do novo 1.0 turbo, hoje importados da Coreia. “Vamos acompanhar a evolução do mercado brasileiro para poder tomar essa decisão”, desconversa Jin.

Vigora na empresa, porém, a percepção de que a produção de motors no Brasil estaria também intimamente ligada  um plano de exportação.


Foto: Divulgação/Hyundai