O Comitê de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Camex) decidiu zerar o imposto de importação que incide sobre máquinas e equipamentos industriais, além de bens de informática e de telecomunicações. A medida consta de duas resoluções que entraram em vigor na quarta-feira, 27 de novembro, com vigência até 31 de dezembro de 2021.

Todos os itens beneficiados estão na condição de ex-tarifários, regime que consiste na redução temporária da alíquota do imposto de importação, somente quando houver produção nacional similar.

Até então, sem aplicação da medida, a importação dos produtos incidia alíquota média de 14%, no caso de bens de capital, e de 16% nos itens de informática e telecomunicações.

LEIA MAIS

Importação de autopeças cai 18,4% no ano

Segundo Paulo Castelo Branco, presidente executivo da Abimei, Associação Brasileira dos Importadores de Máquinas e Equipamentos Industriais, o novo regime, ainda que temporário, beneficiará a indústria nacional com melhorias na qualidade do produto e na produtividade. “A medida contribui para a modernização do parque fabril brasileiro e o crescimento do setor industrial.”

As Resoluções e os itens beneficiados foram publicados no Diário Oficial da União, disponíveis aqui.