A partir de uma série de ações intensificadas a partir de 2016 com foco na sustentabilidade ambiental, a Cummins Brasil conquistou importante marco no final do ano passado e inicia 2020 com a destinação sustentável para 100% dos resíduos em todo o processo produtivo da sua planta de Guarulhos, na Grande São Paulo.

O status do aterro zero, segundo a fabricante de motores diesel e geradores, foi atingido em dezembro com o encaminhamento de todo o resíduo orgânico dos refeitórios para a compostagem. Como explica Bruna Malaguti, gerente de segurança e meio ambiente da Cummins Brasil, a empresa considera resíduo de processo não só o que é gerado durante a manufatura dos produtos, mas também o que é gerado pelos  funcionários durante seu expediente.

“Nossa meta era que todo o resíduo de processo originado na planta gerasse energia, fosse reaproveitado ou reciclado e, por isso, eliminamos a destinação ao aterro, por considerar menos sustentável para a empresa e comunidade”, destaca Bruna.

Anúncio

LEIA MAIS

Cummins inicia novo plano estratégico de sustentabilidade

Cummins comemora seu centenário

Atualmente, todo o trabalho é realizado com empresas parceiras de reciclagem e geração de energia localizadas no Estado de São Paulo. Os detritos da cozinha vão para compostagem, já os restos de matéria prima do processo fabril são reciclados e/ou seguem para gerar energia junto com outros resíduos de sanitários e de varrição, produzidos na fábrica de Guarulhos.


Foto: Divulgação/Cummins