A picape mais vendida do Brasil mudará  em breve e bastante. A Fiat divulgou nesta sexta-feira (7) a  imagem da silhueta do modelo, que chegará ao mercado brasileiro ainda no segundo trimestre. A primeira foto oficial da montadora confirma que a picape fabricada em Betim (MG) terá, pela primeira vez, versão quatro portas, além da convencional de duas portas.

A nova Strada compartilhará componentes de produtos já conhecidos, como Argo e Mobi, e será um pouco maior do que a atual geração. A FCA não confirma, mas há possibilidade de que a nova geração conviva por algum tempo com a atual, que serveria como alternativa mais barata para o trabalho.

Nada menos do que 95% de todas as Strada negociadas no ano passado foram pela modalidade de vendas diretas. A estratégia de manter um produto mais acessível, assim, seria importante para evitar um eventual “buraco” nas vendas de um produto estratégico para a marca no Brasil.

fiat strada freedom

Atual geração pode conviver com a nova por algum tempo como opção de entrada

Sozinha, a Strada somou 76,3 mil licenciamentos e representou 21% dos mais de 366 mil  automóveis e comerciais leves Fiat vendidos no mercado interno em 2019. Por pouco, menos de 2 mil unidades, não foi o veículo mais vendido da marca — perdeu para o Argo, com 79 mil emplacamentos.

Anúncio

No segmento de picapes compactas, há anos o modelo domina mais da metade dos negócios. A participação no ano passado passou de 58% sobre as 134 mil unidades registradas em conjunto comVolkswagen Saveiro e Chebrolet Montana, que detiveram, respectivamernte, 32% e 9,5% das vendas.

Lançada em 1998, apenas dois anos depois do Palio, hatch que deu origem à família que contou ainda com a station wagon Weekend, cuja produção foi encerrada no mês passado, a Strada já acumula perto de 1,4 milhão de unidades vendidas desde então.

LEIA MAIS

→ FCA destaca a América Latina em seu balanço global

→ Fiat Weekend sai de cena após 23 anos de produção

Sempre sobre a mesma plataforma, passou por mudanças estéticas importantes nessas duas décadas e se destacou por apresentar propostas inéditas para o segmento, como a cabine estendida de três portas e a versão Adventure, fundamental para a imagem do produto até hoje, e o diferencial de bloqueio eletrônico Locker.

A picape também tem papel importante na pauta de exportações da FCA.  De Betim, ela segue para vários mercados latino-americanos, onde também é vendida sob a marca RAM.


Foto: Divulgação/Fiat