Se ainda não atrapalhou as linhas de montagem, segundo informam oficialmente os fabricantes de veículos, o surto de coronavirus já  tem sido motivo para o cancelamento de várias atividades no setor automotivo automotivo brasileiro.

Montadoras, fornecedores e entidades têm cancelado ou adiado apresentações de produtos, seminários e cursos. A orientação é que executivos e dirigentes evitem locais com aglomerações e viagens de avião mesmo dentro do País.

Algumas medidas estão sendo tomadas bem em cima da hora. É o caso 26ª edição da Intermodal South America, adiada, em princípio, para a segunda quinzena de julho. O evento de três dias, o mais importante do setor de logística, transporte de cargas e comércio exterior no continente, começaria amanhã (16) em São Paulo.

A organização afirmou que decidiu pelo adiamento após consultar boa parte dos expositores e para atender as recomendações das autoridades de saúde nacionais e internacionais. O comunicado foi emitido somente na sexta-feira (13), quando também algumas autoridades, inicialmente comprometidas com a cerimônia de abertura, já tinham cancenlado a presença.

Em sua última edição, a Intermodal reuniu mais de quatro centenas de expositores de 22 países. O público estimado foi de 38 mil visitantes. Para este ano estavam confirmadas 450 empresas.

Anúncio

AEA ADIA CURSO E SEMINÁRIO

A AEA, Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, também optou por suspender todas as reuniões presenciais de suas 29 comissões técnicas e do comitê executivo por tempo indeterminado. Os debates acontecerão por meio de áudio e videoconferências.

A entidade resolveu ainda adiar o curso “Homologação para Veículos Híbridos e Elétricos”, que seria realizado nesta quarta-feira (18), e o Seminário AEA de Inovação em Powertrain, marcado para 16 de abril. Outros seis eventos e 16 cursos presenciais, programados para este ano, estão mantidos no calendário de 2020,  mas a realização, afirma em nota a entediade, dependerá  dos desdobramentos das consequências do coronavírus.

LEIA MAIS

→ Coronavírus ameaça parar produção de veículos no País


Ilustração: Pixabay