A área de responsabilidade corporativa da Cummins Brasil está aproveitando a força do seu voluntariado para intensificar ações em prol do combate à pandemia da Covid-19. Dentre outras atividades, os integrantes formados em corte e costura do Projeto Pano Pra Manga, idealizado pela empresa, estão em plena atividade, produzindo máscaras para seus trabalhadores.

Além disso, a empresa está contabilizando como horas de voluntariado o tempo dedicado pelos seus colaboradores para doação de sangue. A fabricante de motores e geradores mantém um política de que cada funcionário tem a oportunidade de dedicar ao menos 4 horas de trabalho voluntário anualmente para servir e melhorar as comunidades onde está inserida no País.

Por conta do isolamento social, a Cummins também lançou uma campanha de contribuição financeira em parceria com seus funcionários. O montante arrecadado será revertido em alimentos e produtos de higiene que serão doados para as famílias da comunidade de Guarulhos, SP, onde está instalada sua fábrica.

LEIA MAIS

Cummins e 3M se unem no combate à Covid-19

Cummins e 3M se unem no combate à Covid-19

Anúncio

Outras doações que que têm sido incentivadas pela Cummins são as para o Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente e o Fundo da Pessoa Idosa no ato da declaração do Imposto de Renda, calculado automaticamente pelo Programa de Declaração fornecido pela Receita Federal.

“Toda a necessidade de contribuir com a sociedade para minimizar os danos à saúde é um desafio”, avalia Soraia Senhorini Franco (foto), gerente da área de responsabilidade corporativa da Cummins, “O voluntariado muitas vezes é um conjunto de habilidades em prol da sociedade, é a reinvenção dos processos para continuar colaborando mesmo com o distanciamento social”.

Para apoiar com equipamento de proteção individual os profissionais que estão na linha de frente do Posto de Saúde Clessie Cummins, localizado na região de Guarulhos,  a companhia utilizará parte dos fundos arrecadados com o Projeto Óleo do Bem para a aquisição de tecidos, além de fornecer assessoria técnica por meio da Biocicla (consultoria em negócios sustentáveis). A produção desses equipamentos será realizada pelas próprias funcionárias do Posto de Saúde.


Foto: Divulgação/Cummins