A Case Construction Equipment, marca da CHN Industrial, revela o que chamou de Projeto Zeus, a primeira retroescavadeira totalmente elétrica da empresa voltada para atender ao setor de construção.

Denominada 580EV, máquina oferece capacidades equivalentes aos modelos movidos a diesel presentes no portfólio da marca, com benefícios de emissão zero de gases poluentes, redução substancial de ruídos e menores custos operacionais e de manutenção.

Duas unidades da máquina já foram negociadas a empresas prestadoras de serviços públicos nos Estados Unidos, New York State Eletric & Gas e Rochester Gas & Electric, ambas da multinacional National Grid. A Case ainda adianta que tem capacidade para produzir unidades adicionais em 2020, antes incrementar o ritmo na linha diante do aumento da demanda que espera nos próximos anos.

Evolução para a construção

De acordo com Leandro Lecheta, chefe de equipamentos de construção da CNH Industrial, a 580EV é um passo importante em relação à sustentabilidade, tanto relação ao meio ambiente quanto ao negócio do cliente. “É uma evolução dos equipamentos de terraplenagem e uma inovação realmente prática, que proporciona economias reais e vantagens competitivas aos proprietários de retroescavadeiras.”

Anúncio

A 580EV é baseada na tradicional retroescavadeira 580 a diesel. No projeto de eletrificação participaram a Green Machine, como fornecedora da bateria recarregável, da Moog, responsável por servos motores elétricos em substituição ao sistema hidráulico, além da Michelin.

A nova máquina é alimentada por uma bateria de íons de lítio de 480 V e 90 kWh que pode ser carregada por qualquer conexão trifásica de 220 V. De acordo com a fabricante, cada carga é suficiente para atender a maioria das jornadas comuns de oito horas de trabalho.

LEIA MAIS

→Case brasileira participa de programa de exportação para Angola

→Case IH mantém cronograma de lançamentos


Foto: Case CE/Divulgação