A marca Jeep é uma das mais cultuadas do mundo e segue em ascensão após quase oito décadas de sua criação. Se o primeiro de seus veículos foi concebido, em 1941, pela Willys para apoio das forças militares dos Estados Unidos na Segunda Guerra, a estreia de uma versão civil aconteceu oficialmente em 17 de julho de 1945, um mês e meio antes do fim do conflito mundial.

O CJ-2A, como foi batizado, completa nesta sexta-feira, assim, exatos 75 anos! É, portanto, o veículo de rua pioneiro da hoje principal divisão em vendas da FCA, conglomerado que reúne mais de uma dezena de marcas até bem mais longevas do que a própria Jeep. Não teve, contudo, vida longa: em apenas quatros, teve 215 mil unidades fabricadas.

jeep CJ 5

CJ5: produção de mais 600 mil unidades e o maior sucesso da linha.

Mas o primeiro CJ — abreviação de Civilian Jeep, Jeep Civil — tem relevância histórica também por outro motivo mais visível para o público consumidor: ele estreou a grade dianteira com as tradicionalíssimas sete fendas, presentes até hoje em todos os veículos da marca. O MB, modelo militar do qual se originou, contava com duas a mais e carregava o estepe na traseira, o que foi alterado para a lateral já no 2A.

Anúncio

As primeiras campanhas publicitárias enfatizavam o modelo como um veículo de trabalho para agricultores e trabalhadores da construção. Tanto que a fábrica garantia a possibilidade de equipá-lo com assentos extras e tomadas de força para implementos agrícolas, guincho, removedor de neve e até cortador de grama.

Seu sucessor CJ-3A  saiu da linha de montagem já em 1949 e foi atualizado em 1953, adotando o nome CJ-3B, com o qual iníciou sua trajetória no Brasil naquele mesmo ano, quando começou a ser montado pela Willys-Overland em São Bernardo do Campo, SP.

Já em 1957 a fábrica paulista começou a produzir o modelo CJ-5, lançado dois anos antes no exterior. Mais de 600 mil unidades foram fabricadas até 1983 em todo o mundo — no Brasil, sua produção foi encerrada um ano antes—,  um dos maiores sucessos até hoje da Jeep, que fabricou perto de 1,5 milhão de unidades de todos os modelos CJ  ao longo de 40 anos.

LEIA MAIS

→FCA e PSA formarão o grupo Stellantis

→ Jeep Renegade: cinco anos e mais de 250 mil unidades vendidas.


Foto: Divulgação