Adata exata do lançamento ainda não está definida, mas é certo que a nova Fiat Strada chegará na rede de concessionárias da Argentina em meados de agosto, inaugurando, assim, projeto de exportação da segunda geração da picape para países da região.

Lançada no Brasil no mês passado, a procura no processo de pré-venda surpreendeu positivamente a fabricante, com cerca de 10 mil unidades comercializadas em apenas três semanas, conforme revelou o diretor da marca Fiat e operações comerciais no Brasil, Herlander Zola, em entrevista online concedida esta semana.

Na ocasião, a empresa apresentou o novo logotipo da marca no Brasil e o executivo confirmou o início das exportações da nova Strada para o próximo mês e, como acontece tradicionalmente entre as montadoras brasileiras, a Argentina foi escolhida para receber as primeiras unidades do modelo, que foi totalmente reestilizado e ganhou importantes itens de segurança e conforto.

LEIA MAIS

Fiat lança novo logotipo e promete revolucionar a marca no País

Anúncio

Fiat lança novo logotipo e promete revolucionar a marca no País

Por enquanto a Fiat não adianta maiores detalhes desta primeira exportação, como, por exemplo, as versões que seguirão para o país vizinno. No Brasil, a nova Strada estão sendo comercializada em três versões – Endurance, Freedom e Volcano -, com preços que vão de R$ 63.590 a R$ 79.990. Todas elas têm a opção de cabine dupla.

Dentre as novidades, a maior capacidade de carga em relação à geração anterior. Agora são 720 kg na configuração cabine simples e 650 kg na dupla. O nova Strada também inaugura no segmento a presença de quatro portas e assentos para cinco ocupantes.

Sobre o mercado brasileiro, Zola não só comemorou o bom resultado obtido na pré venda da nova picape, como também revelou ganho de participação da marca no primeiro semestre. Fiat encerrou 2019 respondendo por 13,8% das vendas internas de automóveis e comerciais leves, índice que subiu para 14,1% no acumulado dos primeiros seis meses deste ano.