A Nissan divulgou esta semana que já iniciou a produção do modelo V-Drive, a nova versão do antigo Versa, no Complexo Industrial de Resende, no sul-fluminense. A iniciativa visa ampliar a oferta de sua linha de sedãs, visto que no último trimestre deste ano, provavelmente em novembro, chega ao mercado brasileiro a nova geração do Versa, produzida na fábrica de Aguascalientes, no México.

Em nota, a fabricante japonesa informou apenas que o V-Drive chega às concessionárias da marca nas próximas semanas para aumentar a oferta de produtos da marca no Brasil. Com relação ao novo Versa, que antes da pandemia da Covid-19 tinha lançamento por aqui previsto para o segundo trimestre, a Nissan mantém segredo por enquanto sobre versões e lista de equipamentos. Já adiantou que maiores detalhes só serão revelados por ocasião da sua apresentação oficial no País.

A Nissan decidiu batizar o velho Versa de V-Drive para não haver confusão na cabeça do consumidor em relação ao novo Versa, que foi totalmente reformulado e chega para competir em uma faixa superior do mercado. Também sobre o V-Drive a fabricante japonesa não adianta informações, mas segundo dados já divulgados pela imprensa especializada em produtos ele será vendido em quatro versões e terá duas motorizações: 1.0 de 3 cilindros e 77 cv e  1.6 de 111 cv.

Anúncio

LEIA MAIS

Novo Versa desembarca no Brasil ainda este ano

Toyota, Ford, Nissan e PSA retomam produção

O Versa atual tem preço na faixa de R$ 56,6 mil a R$ 77 mil. A expectativa na rede de concessionárias da marca é que a versão mais barata se mantenha em torno de R$ 57 mil e a topo de linha fique mais próxima de R$ 70 mil para não concorrer com a versão de entrada do novo Versa. Dentre os itens de série do V-Drive, ar-condicionado, direção elétrica, computador de bordo, vidros elétricos, volante com ajuste de altura, preparação para som e rodas de 15′.


Foto: Divlgação/Nissan