CEO desde maio de 2017, Jim Hackett deixará o comando da Ford oficialmente em setembro, anunciou a montadora norte-americana. Seu sucessor já está definido: é Jim Farley, atual diretor de operações, que assumirá a partir de 1º de outubro.

Aos 58 anos, Farley também será o novo presidente e foi eleito para o conselho de administração da empresa. Ele e Hackett trabalharão juntos nos próximos dois meses, um período de transição.

De qualquer forma, ambos já se conhecem bem, vinham atuando em conjunto nos últimos anos e Hackett, de 65 anos, continuará como consultor especial da  companhia até março de 2021.

O novo CEO ingressou na companhia há 13 anos como chefe global de Marketing e Vendas e liderou Lincoln, a Ford América do Sul e a Ford da Europa, dentre outras atibuiçõs.

Em abril de 2019, Farley foi escolhido para liderar a equipe de Novos Negócios, Tecnologia e Estratégia, coordenando os desenvolvimentos de plataformas de software, conectividade, IA, automação e novas formas de propulsão. Há cinco meses foi nomeado diretor de operações.

Anúncio

A gestão de Hackett ficará marcada pela saída da Ford de vários segmentos de produtos mundialmente, a concentração em SUVs e picapes, e investimentos em tecnologias de condução autônoma, eletrificação, conectividade e inteligência artificial dos veículos.

“Sou muito grato a Jim Hackett por tudo o que ele fez para modernizar a Ford e nos preparar para competir e vencer no futuro”, afirmou em nota Bill Ford, presidente executivo da Ford. “Agora temos planos convincentes para veículos elétricos e autônomos, além de conectividade total com veículos. ”

LEIA MAIS

→ Ford revive o Bronco, agora como uma família

→ Ford suspende contrato de trabalho de 1.000 metalúrgicos


Foto: Divulgação