O Grupo Traton, holding que reúne a empresa de tecnologia Rio e as fabricantes de veículos comerciais Scania, MAN e Volkswagen Caminhões e Ônibus fez mais uma oferta de compra da Navistar, fabricante dos caminhões International e ônibus IC. Se em meados de setembro a proposta foi de US$ 43 por ação, agora a oferta chegou a US$ 44,50.

Comunicado emitido pela corporação alemã a investidores na sexta-feira, 16,, informa que a “Traton SE e a fabricante de caminhões norte-americana Navistar International Corporation, na qual a Traton já detém uma participação de 16,8%, chegaram hoje a um acordo de princípio de que a Traton adquirirá por fusão todas as ações da Navistar ainda não detida pela Traton ao preço de US$ 44,50 por ação da Navistar”. Com a nova oferta, o valor de compra sairá por US$ 3,7 bilhões.

Em reposta à oferta, carta assinada por Troy Clark, CEO da Navistar, pede confirmação do valor oferecido, bem como revela o apoio dos dois maiores acionista da companhia para finalizar acordo definitivo.

“Estamos satisfeitos por ter chegado a um acordo de princípio para uma transação após intensas negociações com a Navistar”, diz em nota Matthias Gründler, CEO da Traton. “Esperamos concluir nossa diligência devida e obter as aprovações necessárias em relação a este negócio para dar as boas-vindas ao novo membro da família Traton.”

Anúncio

De acordo com comunicado da Traton, o acordo permanece sujeito à finalização de due diligence e aprovação de órgãos executivos e comitês da Traton e do Grupo Volkswagen, como também do Conselho de Administração e Assembleia Geral de Acionistas da Navistar.

A fusão é estratégica para a Traton na medida em que permitirá avançar sua participação global no segmento de veículos comerciais, especialmente pela possibilidade de atuar nos Estados Unidos, onde suas marcas não estão presentes.

LEIA MAIS

→Traton define novas estratégias globais

→Grupo Volkswagen quer comprar a Navistar por US$ 2,9 bilhões


Foto: Grupo Traton/Divulgação