A corrida para tornar o transporte rodoviário de carga menos poluente segue em curso cada vez mais rápido ao redor do globo. Poucas semanas depois de anunciar gama completa de caminhões elétricos na Europa para o ano que vem, a Volvo começa a aceitar pedidos do VNR Electric dos transportadores da América do Norte.

As entregas estão programadas para o próximo ano com o início da produção em série. O modelo, projetado para opções de transporte regional, promete autonomia de 240 km providenciada por um conjunto de baterias de íon-lítio de 264 kWh e motores que desenvolvem potência equivalente a 455 cv. Segundo a fabricante, o transportador poderá contar com 80% da capacidade das baterias com recarga de 70 minutos.

Para a venda do veículo, a Volvo providencia apoio que contempla todo o ciclo de vida do caminhão. “Nosso modelo de negócio avalia tudo o que veículo de carga elétrico precisa para uma operação viável. Trabalhamos de forma conjunta com nossos clientes num planejamento que, além do veículo, envolve um amplo sistema de suporte”, resume em nota Peter Voorhoeve, presidente da Volvo Trucks North America.

Anúncio

De acordo com a Volvo, a introdução do VNR Electric é resultado de parcerias estratégicas e participação ativa em projetos que visam tornar viável o transporte de carga movido a bateria. Dentre as ações, a empresa cita o Volvo LIGHTS, inciativa na Califórnia envolvendo agentes públicos e privados para desenvolver ecossistema para às operações com caminhões elétricos, da infraestrutura de recarga à viabilidade comercial e treinamentos técnicos.

LEIA MAIS

→Volvo terá linha completa de caminhões elétricos em 2021

→Volvo inicia testes de caminhões pesados elétricos