Um Fiat ou Jeep voador pode não ser mais um sonho tão distante, caso a FCA queira se valer do acordo que acaba de assinar com a Archer, aempesa com sede em Palo alto, Califórnia, que pretende fabricar aeronaves elétricas de decolagem e pouso verticais (eVTOL) em alto volume a partir de 2023.

A cooperação com a FCA visa justamente apressar o desenvolvimento desses veículos de transporte urbano com acesso da Arrcher  à cadeia de suprimentos, recursos avançados de materiais compostos e experiência em engenharia e design da FCA. Os serviços de transporte aéreo sustentável poderá representar em US$ 1,5 trilhão em 2040, segundo o Morgan Stanley.

A FCA já colaborou nos elementos de design da cabine da primeira aeronave de Archer. O eVTOl, a ser lançado ainda este ano, terá autonomia de 100 km  e poderá alcançar 240 km/h.

“A eletrificação no setor de transporte, seja nas estradas ou no ar, é o futuro ”, afirma Doug Ostermann, vice-presidente e chefe de Desenvolvimento de Negócios Globais da FCA. “Nossa parceria com a Archer tem benefícios mútuos e permitirá que soluções de transporte inovadoras e ecológicas sejam colocadas no mercado em um ritmo acelerado.”


Foto: Divulgação