Morphoz: conceito apresentado no começo de 2020 sinaliza identidade dos futuros elétricos da Renault.

Há cerca de uma década apostando alto em veículos elétricos e híbridos, o Grupo Renault não está disposto a perder seu protagonismo no segmento na Europa com as recentes investidas de algumas marcas concorrentes, a exemplo especialmente de Volkswagen e Tesla.

Importante para isso é fazer com que os consumidores saibam, pelo menos em parte, o que a empresa reserva para além dos concorrentes num  futuro próximo. Esse movimento estratégico acontecerá no próximo dia 15, pela voz do próprio CEO mundial Luca De Meo, escalado para a transmissão ao vivo que apresentará o conceito de futuro crossover elétrico da Renault e o Dacia Spring, versão para a Europa do K-ZE,  segunda geração do Kwid com motor elétrico que já roda na China.

Se o Spring é para lá de conhecido e deve ser o elétrico de menor preço na Europa, sobre o crossover pairam muitas dúvidas ainda. A montadora assumiu apenas que ele utilizará a nova plataforma CMF-EV desenvolvida pela aliança global Renault-Nissan-Mitsubishi para veículos acima do Twingo e, como o nome diz, elétricos.

carro eletrico

Spring será o elétrico mais acessível do grupo

No começo do ano, porém, a Renault apresentou o conceito Morphoz, que deve ser a base do futuro crossover. Seu desenho, inclusive, seria uma antevisão dos traços que caracterizarão a identidade elétrica dos futuros carros da Renault.

Anúncio

O Morphoz tem baterias planas, capazes de garantir 400 km de autonomia, e motores elétricos distribuídos nas quatro rodas para maximizar o espaço interior. Mas o que mais chamou a atenção foi a possibilidade de alterar seu comprimento de acordo com a necessidade de uso.

A frente pode se expandir para abrigar uma bateria maior, adequada a viagens mais longas, e o mesmo acontece com a traseira para aumentar o espaço para os passageiros dos bancos de trás ou ampliar a capacidade do porta-malas.

A apresentação De Meo e dos dois novos veículos é apenas o começo de uma jornada digital de 10 dias com a qual a Renault quer enfatizar suas ações e produtos no mundo eletrificado. Batizado de ‘Renault eWays”, o evento será palco para a apresentação de toda a linha de elétricos e eletrificados do grupo e de debates e forums com especialistas sobre futuro da mobilidade elétrica, das próprias cidades e das tecnologias.


Foto: Divulgação