Com produção média diária de 1 mil veículos, incluindo os modelos Compass, Renegade e Fiat Toro, o Polo Automotivo Jeep acaba de atingir 1 milhão de unidades fábricadas na planta pernambuca de Goiana. A comemoração desse novo marco teve a participação do CEO mundial da Stellantis, Carlos Tavares, que pela primeira vez visitou as instalações da companhia, fruto da união dos Grupos FCA e PSA, no Nordeste brasileiro.

Também estiveram presentes o COO da Stellantis para América do Sul, Antonio Filosa, e o diretor de manufatura para a América do Sul, Pierluigi Astorino. Inaugurado há quase 6 anos, o Polo Jeep tem condições de produzir até 280 mil veículos por ano e se prepara, atualmente, para lançar um novo modelo inédito da marca ainda neste ano.

Segundo a Stellantis, o complexo opera a plena capacidade no momento. Outras montadoras, como a General Motors, Honda e também a Fiat, enfrentam problemas com falta de peças e matérias-primas, principalmente semicondutores e aço.

O complexo industrial de Pernambuco contempla um ciclo de investimento de R$ 7,5 bilhões até 2025, que visa não apenas o desenvolvimento de produtos como também a atração de novos fornecedores para Pernambuco. O polo emprega mais de 14 mil colaboradores, incluindo a fábrica principal, as das autopeças lá instaladas e de terceiros.

Anúncio

LEIA MAIS

Fiat lidera em janeiro e Stellantis detém 28% do mercado brasileiro

Fiat entra em férias coletivas por falta de componentes

Mudanças no comando da marca Jeep em janeiro

“Estive presente quando produzimos o primeiro carro aqui e fico feliz em ver essa marca. O Polo Automotivo Jeep está em um ciclo importante de aprimoramento em excelência em qualidade”, comentou Juliana Coelho, gerente da planta. “Vamos continuar evoluindo e dando ênfase a novos projetos, à contínua melhoria de processos e investindo nas nossas pessoas, que são o principal diferencial da empresa”.


Foto: Divulgação/Stellantis