A Mercedes-Benz e a Speedbird Aero, startup de Franca (SP), fecharam parceria em projeto de desenvolvimento para transporte e entregas de mercadorias por drones. No acordo, inicialmente para durar três anos, a fabricante fornecerá furgões da linha Sprinter para se tornarem bases operacionais para decolagem e pouso das aeronaves não tripuladas.

Um furgão Sprinter 314 teto alto, atualmente em transformação para se tornar um droneport, será a primeira unidade do projeto que permitirá desenvolver integrações entres os modais terrestre e aéreo. O veículo receberá central de comando e sistema de recarga de baterias das aeronaves. No modelo logístico, o veículo fará papel intermediário entre o centro de distribuição e as entregas da chamada última milha.

“A inovação é um dos valores da marca Mercedes-Benz e a parceria com a Speedbird Aero só destaca este nosso posicionamento de estar sempre à frente das futuras necessidades dos nossos clientes, proporcionando mais uma modalidade de entrega de forma totalmente tecnológica”, destaca em nota Jefferson Ferrarez, presidente e CEO Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil.

Anúncio

“O Sprinter é um veículo que tem todas as características que necessitamos para a conexão entre os dois modais, o terrestre e o aéreo. Juntos revolucionaremos a forma como são feitas as entregas no País”, aposta Manoel Coelho, co-fundador da Speedbird Aero.

A Speedbird Aero foi a primeira empresa a receber autorização da Anac, Agência Nacional de Aviação Civil, para testar entregas de mercadorias com drones no País. A empresa já esta envolvida em projeto com o IFood, em shopping de Campinas (SP), onde opera com drones entre os restaurantes e centro de despacho localizado no próprio local, de onde partem os entregadores.


Foto: Mercedes-Benz/Divulgação