A Fiat fechou abril na liderança do mercado de automóveis e comerciais leves pelo quarto mês consecutivo, com a picape Strada novamente no topo do ranking dos modelos mais vendidos no País e com mais três modelos entre os dez mais emplacados internamente.

Com 36,4 mil unidades comercializadas, a marca italiana atingiu 22,1% de participação, o seu melhor índice desde março de 2014 (23,5%). A Strada atingiu 12.581 unidades licenciadas, com market share de 7,6% no mercado total de veículos leves, quebrando o recorde histórico de vendas desde o seu lançamento, que tinha sido de 6% em setembro do ano passado.

No ranking por marca, a Volkswagen está em segundo lugar, com 16,9% de participação e 27,9 mil emplacamentos em abril, seguida da Chevrolet, com, respectivamente 12,7% e 21 mil unidades. Vale lembrar que por causa da falta de peças a General Motors está com a produção de Gravataí, RS, paralisada desde o início de março, com retorno previsto apenas para junho.

LEIA MAIS

Média diária de venda de veículos leves cresce em abril

Em terceiro lugar no mês vem a Hyundai, com fatia de 8,9% e 14,7 mil licenciamentos, seguida da Toyota (8,2% e 13,4 veículos) e Jeep (7,4% e 12,1 mil unidades).

Anúncio

No acumulado do primeiro quadrimestre, a Fiat consolida-se como líder de mercado, com 138,8 mil emplacamentos e market share de 20,9%. Em relação ao mesmo período de 2020, sua participação ampliou-se em 6,6 pontos porcentuais.

A Volkswagen vem em segundo lugar ( 17,3% e 114,6 mil unidades) e a GM em terceiro (14,4% e 95,7 mil veículos vendidos). A Hyundai ocupara a quarta posição, com 9,3% de participação, e a Toyota e a Jeep vêm na sequência, com fatia de 7%.

No ranking por modelo, o Chevrolet Onix ficou em segundo lugar no acumulado do primeiro quadrimestre, com 35,2 mil emplacamentos, o Hyundai HB20 em terceiro (30,5 mil unidades) e o Jeep Renegade em quarto (25,7 mil). Volkswagen Gol e Fiat Mobi vêm na sequência, com o Toro, Onix Plus, Fiat Argo e Chevrolet Tracker fechando a lista dos top 10.

O bom desempenho da Fiat em abril e no acumulado do quadrimestre contribuiu para os números altamente favoráveis obtidos pela Stellantis  novo conglomerado automotivo que, além da marca italiana, abrange também a Fiat, Peugeot e Citroën, dentre outras marcas. Com 52 mil emplacamentos em abril, o grupo alcançou market share de 31,6% no mercado automotivo brasileiro.


Foto: Divulgação/Fiat