Até o fim de 2022, a Ford pretende inaugurar laboratório para o desenvolvimento de novas técnicas de produção, desenhos e materiais de células e baterias veiculares. Orçado em US$ 185 milhões, a área integrará O Ford Ion Park, novo centro global da montadora em Michigan, nos Estados Unidos, dedIcado à pesquisa e futura fabricação desses componentes.

O complexo contará com time multifuncional de 150 especialistas em tecnologia, pesquisa, fabricação, planejamento, compras, qualidade e finanças para desenvolver mais rapidamente dos equipamentos fundamentais para as novas geração de veículos. Outra missão é identificar oportunidades de integração e inovação em toda a cadeia produtiva, da mineração à reciclagem, trabalhando com todas as demais áreas da montadora, fornecedores e parceiros.

“Estamos modernizando o desenvolvimento e a manufatura de baterias para poder controlar melhor os custos e variáveis internamente e acelerar a sua produção em todo o mundo, com qualidade”, afirma Hau Thai-Tang, chefe de Operações e Plataforma de Produtos da Ford.

O futuro laboratório terá 18,5 mil m² e será adequado para produção piloto de eletrodos, células e matrizes. Anand Sankaran, atual diretor de Engenharia de Sistemas Eletrificados da empresa e que já liderou a aplicação de inovações técnicas no Escape Hybrid, dentre outros modelos com motorização híbrida, comandará a área.

Anúncio

As novas estruturas fazem parte dos esforços mundiais da Ford de investir pelo menos US$ 22 bilhões até 2025 em veículos elétricos e conectados. A marca terá uma linha integralmente elétrica e híbrida na Europa até 2030. Boa parte desses veículos sairá de nova fábrica dedicada a carros elétricos e que está sendo erguida em Colônia, na Alemanha. Projeto de US$ 1 bilhão, deve entrar em operação já partir de 2023.

A Ford também anunciou produção de elétricos na China e, até o encerramento de 2021, a empresa terá pelo menos 15 fábricas em todo o mundo voltadas à produção de veículos e sistemas elétricos de tração. Suas vendas acumuladas desde 2004, calcula a montadora, já superaram 1 milhão de veículos elétricos, híbridos e híbridos plug-in desde 2004 .

LEIA MAIS

→ Daniel Justo é o novo presidente da Ford Brasil

→ Mustang Mach 1 chega ao Brasil por R$ 499 mil


Foto:  Divulgação