Embora conserve a liderança nas vendas de caminhões ao fim do primeiro quadrimestre do ano, o Volvo FH540 perdeu o posto em abril para o Scania R450 e caiu para o terceiro lugar no ranking.

De acordo com os dados de emplacamentos consolidados pela Fenabrave, enquanto o modelo da fabricante de Curitiba (PR) somou 499 unidades entregues, o caminhão da marca rival contabilizou 646 licenciamentos. Ambos, porém, em queda nas vendas, de 33,7% e 28,1% em relação ao desempenho de março e participações de 12,7% e 9,8%, respectivamente.

Na disputa, o DAF XF assumiu a vice-liderança com 507 unidades emplacadas no mês passado. O volume permitiu à marca obter 10% de participação na categoria de pesados, a mais representativa do mercado de caminhões, com 51,5% das vendas.

Anúncio

O modelo ainda foi o único dentre os cinco mais vendidos do segmento a registrar crescimento nas vendas mensais, de 6,3% sobre março. O desempenho se mostra significativo, afinal, os licenciamentos de pesados anotaram queda de 12%, de 5,7 mil unidades negociadas em março para 5 mil em abril.

O ranking dos cinco pesados mais negociados no mês passado fecha com outra rivalidade sueca, com o Scania R540 em quarto e o Volvo FH460 em quinto. O primeiro, registrou 289 unidades emplacadas e terminou abril com 5,7% nas vendas da categoria e, o segundo, somou 271 modelos vendidos, o que representou fatia de 5,3%.

Os dez caminhões pesados mais vendidos em abril

 ModeloMarço 2021Abril 2021Variação (%)Participação (%)
Scania R450899646-28,112,7
DAF XF477507+6,310
Volvo FH540798499-33,7%9,8
Scania R540339289-14,7%5,7
Volvo FH460352271-235,3
Mercedes-Benz Actros 2651266258-35,1
Mercedes-Benz Axor 2544133202+51,94
Scania R500159184+15,73,6
Mercedes-Benz Axor 3344100144+442,8
10ºVolkswagen Meteor 29.520280134-52,12,6
Mercado de caminhões pesados5.7545.060-1251,5*
Fonte: Fenabrave; Elaboração: AutoIndústria. *Participação nas vendas totais de caminhões (9.918 unidades)