A Nissan se associou ao Itaú Unibanco no inciativa vec Itaú, de veículo elétrico compartilhado, com o fornecimento do Leaf no serviço de uso sob demanda encaminhado pelo banco. O projeto, ainda em fase experimental com funcionários da instituição, deverá ser ampliado e oferecido a qualquer motorista habilitado no segundo semestre de 2021, inicialmente na cidade de São Paulo.

A exemplo do que ocorre no Bike Itaú, o Leaf estará disponível em estações de carregamento. Por app, o usuário desbloqueia o veículo e o devolve após o uso no mesmo ponto ou qualquer outro da rede em fase de desenvolvimento.

O vec Itaú é mais uma iniciativa na qual a Nissan coloca forças para avançar em seu projeto de eletrificação no País. Começou em 2012 com frota de táxis no Rio de Janeiro e em São Paulo e, desde 2019, a oferta comercial para o consumidor final da nova geração do Leaf.

“Como a melhor maneira de entender e desmistificar mitos do carro elétrico é o seu uso no dia a dia, buscamos sempre oportunidades para permitir que mais brasileiros experimentem o Leaf”, resume em nota Tiago Castro, diretor sênior de Vendas e Marketing da Nissan do Brasil.

Anúncio

O banco ainda não definiu valores. Adianta apenas que terá uma tarifa inicial e outra de acordo com o tempo de uso e modelo escolhido, pois além do Leaf o serviço colocará outros carros como opção de compartilhamento, casos do Jaguar I-Pace e BMW i3.

LEIA MAIS

→Exportações e eletrificação nortearão Nissan no Brasil

→Nissan comemora 150 Leaf vendidos no País

→Nissan cria área de inovação focada no brasileiro


Foto: Nissan/Divulgação