No mês passado, os financiamentos de veículos novos e usados anotaram crescimento de 10,6%, para 537 mil automóveis, motocicletas e veículos pesados frente a 486 mil unidades financiadas em julho do ano passado. Na comparação com junho, a alta foi 4%.

Segundo balanço consolidado pela B3, operadora do Sistema Nacional de Gravames, boa parte do avanço foi impulsionado pelos financiamentos de veículos leves usados. No segmento, as 414 mil unidades negociadas em julho representaram alta de 8% sobre as 383 mil vendidas a prazo no mesmo mês do ano passado.

Mas, na mesma base de comparação, do volume total, 342 mil foram de automóveis usados, em alta de 8%, enquanto 72 mil somaram unidades novas, volume 15,7% inferior ao apurado um ano antes, de 85 mil.

No segmento de motocicletas o recorte mostra do oposto do de veículos leves. No mês passados, 94 mil unidades foram vendidas a prazo, crescimento de 22,6% sobre as 76 mil motos negociadas no mesmo mês de 2020. Do total, no entanto, 73 mil representaram unidades novas, o que proporcionou aumento de 22,9% em relação às 59 mil unidades financiadas um ano antes.

As vendas a prazo de pesados também apresentaram crescimento. As 29 mil unidades negociadas em julho representaram alta de 15,5% sobre os 25 mil pesados financiado há um ano. Com volumes equilibrados, 14 mil foram de veículos usados, avanço de 8,4%, e 15 mil de novos, aumento de 22,9%.

Anúncio

No acumulado até julho, as vendas de veículos novos e usados financiados somaram 3,4 milhões unidades, volume 23,3% superior ao anotado no mesmo período de 2020, de 2,7 milhões, ou seja, 648 mil unidades a mais.

“Depois da expressiva queda nos financiamentos de veículos em 2020, por conta da pandemia, os números de 2021 mostram que estamos praticamente com o mesmo volume que tínhamos no acumulado de 2019”, avalia Tatiana Masumoto Costa, superintendente de Planejamento da B3.

Segundo relatório da empresa, em julho foi observada mais uma vez a tendência de aumento de financiamentos de veículos usados, principalmente para autos leves com maior tempo de uso. Em comparação com julho de 2020, as vendas a crédito de veículos leves entre 9 e 12 anos de uso cresceram 42% e as de veículos com mais de 12 anos, 91%.

LEIA MAIS

→Financiamento de veículos cresce 26% no primeiro semestre


Foto: Pixabay