Há dez anos investindo na eletrificação da mobilidade, a thyssenkrupp está intensificando os negócios na área com o desenvolvimento e produção de novos componentes para powertrains elétricos. A empresa, inclusive, mudou o nome da unidade de negócios Camshafts, que opera em sua fábrica de Poços de Caldas, MG, para Dynamic Components a partir de 1º de outubro.

Dentre as novidades em andamento, a companhia já iniciou projeto para fabricar rotores completos para motores elétricos. Frank Altag, CEO da unidade de negócios Camshaft, diz que o atual Frank Altag, CEO da unidade de negócios Camshaft, processo de transformação segue uma abordagem baseada em duas vertentes:

“Com base nos pedidos recebidos dos clientes, continuaremos a atingir um crescimento lucrativo com nossos produtos para motores de combustão interna e híbridos nos próximos anos, apesar do encolhimento em geral desse mercado. Usaremos os lucros desse negócio para financiar o desenvolvimento e a industrialização de novos produtos, tornando-os gradualmente independentes do motor de combustão interna tradicional”, explica o executivo.

Anúncio

Fornecedor internacional de componentes automotivos especializado em tecnologias de chassis, powertrain e carroceria, o segmento Automotive Technology da thyssenkrupp intensifca  investimentos em novos produtos e serviços justamente para atender às tendências tecnológicas com foco em direção autônoma e mobilidade sustentável. Essa área de negócios já gera mais de 80% de suas vendas totais com produtos não relacionados ao motor de combustão interna.

Karsten Kross, CEO da divisão de. componentes automotivos da thyssenkrupp, lembra que o processo de transformação foi iniciado há uma década e agora se intensifica com novos produtos além do motor de combustão interna. Em parte, informa a empresa, é possível usar as mesmas máquinas e equipamentos das linhas de componetes anteriores para os que atualmente estão em desenvolvimento ou fase de implementação.

Além de Poços de Caldas, a thyssenkrupp também tem fábricas em Ibirité e Santa Luzia (MG), São José dos Pinhais (PR), Campo Limpo Paulista e São Paulo (SP).


Foto: Divulgação/thyssenkrupp