Negócios em maio poderão superar 188 mil unidades

Por Alzira Rodrigues

Após três anos consecutivos de queda nos comparativos dos acumulados parciais e totais de um ano sobre o anterior, a indústria automobilística deverá ter desempenho positivo no balanço a ser divulgado dia 1º, quinta-feira, referente aos primeiros cinco meses deste ano.

Números parciais das vendas até segunda-feira, 29 – com o registro de 170,3 mil emplacamentos –, indicam a venda de pelo menos 188 mil veículos este mês, o que totalizará cerca de 817 mil unidades de janeiro a maio, ante total de 811,7 mil no mesmo período de 2016.

Anúncio

É um crescimento modesto, de menos de 1% se confirmada a projeção de 188 mil emplacamentos este mês, mas não deixa de ser um alento considerando as quedas consecutivas dos últimos três anos.

Segundo fonte do setor, o desempenho em maio pode até superar a projeção de 188 mil unidades. “É uma estimativa bem conservadora, considerando que tradicionalmente a média diária de vendas cresce nos últimos dias de cada mês. Em abril, por exemplo, a média diária dos últimos dois dias foi de 14 mil veículos”.

Ou seja, há possibilidade de o balanço de maio indicar mais de 190 mil veículos comercializados, incluindo automóveis, comerciais leves e pesados, o que representaria o melhor mês do ano – em março foram vendidos 189,1 mil.

As vendas diretas continuam tendo peso significativo nos balanços mensais – em abril chegaram a 37% –, mas concessionários de diferentes marcas informam que o movimento no varejo tem melhorado.


Foto: Reprodução