Por Lael Costa

Ao longo do ano, a Mercedes-Benz mostrou o que vinha preparando para mostrar na Fenatran. Fez completa reformulação no cockpit de seus caminhões com bancos mais adequados ao biotipo do motorista brasileiro, o Accelo com uma nova cabine estendida, como também a introdução de uma opção de câmbio automatizado para o segmento de leves e o chamado Pacote Robustez, conjunto de itens destinado às aplicações fora de estrada, levados para o modelo rodoviário.

A fabricante, no entanto, de deixou uma surpresa para a feira, uma série especial do Actros, limitada a 21 unidades, que faz homenagem ao L-1111, um dos maiores sucessos de venda da montadora durante as décadas de 1960 e 1970. A série, oferecida com a cabine Megaspace, a maior da empresa, está disponível com quinze cavalos-mecânicos Actros 2651 6×4 e seis unidades do Actros 2546 6×2.

Apesar do visual antigo, pintado de verde, a mesma cor da época dos 1111 e 1113, como também o chassi de vermelho, o modelo é recheado de tecnologia e sofisticação. O revestimento do painel, do banco, das laterais internas das portas e do volante é de couro. O acabamento ainda combina cores como o verde e o bege, além das costuras expostas em outras tonalidades. Na porta, do lado, externo, uma placa identifica a série especial, em referência à 21ª edição da Fenatran.

Anúncio

Recursos também não faltam. Os modelos têm câmbio automatizado, motor de 13 litros de 510 cv, controle de proximidade do veículo que vai à frente, assistente de frenagem de emergência, sistema de orientação de faixa de rolagem, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, sensores de chuva e de iluminação e até uma TV digital no interior da cabine.

“Somente os modelos L-1111 de 1964 e L-1113 de 1970, expoentes dessa linha clássica, tiveram juntos 240.000 unidades vendidas no País”, conta Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina. “Esses caminhões fazem parte da história do Brasil e dos meios de transporte de carga que impulsionaram o crescimento econômico do País. O Actros retrô é uma homenagem aos clientes que iniciaram sua trajetória com esses modelos e alcançaram grande sucesso.


Foto: Mercedes-Benz/Divulgação