Por Redação

A FCA, Fiat Chrysler Automóveis, convocou na quinta-feira, 7, os proprietários do modelo Argo – versões Drive, Precision e HGT, ano/modelo 2017/2018 – a agendarem junto a uma concessionária da marca, a partir de 11 de dezembro, a verificação e o reparo do chicote elétrico do volante de direção e, se necessária, a substituição do volante de direção completo dos veículos. Lançado em maio, o Argo acumula 22,3 mil emplacamentos no ano, segundo a Fenabrave. No total, há 21.778 veículos envolvidos nesta convocação, com números de chassis (não sequenciais) de 9BD358A42JYH10115 a 9BD358A9WJYH10215. É o terceiro recall convocado pela FCA em menos de um mês.

No caso do Argo, a fabricante informa ter detectado a possibilidade do rompimento do chicote elétrico do volante de direção, devido a um possível esmagamento provocado pelo cover do airbag, “o que pode provocar a sua desativação e o acionamento involuntário do airbag do motorista, com consequentes danos físicos e materiais ao condutor, aos passageiros e a terceiros”.

Anúncio

Para agendamento e mais informações, os proprietário do Argo podem ligar para o telefone 0800 707 1000 ou consultar o site www.fiat.com.br. O tempo estimado para o reparo é de uma hora.

Há menos de um mês no dia 12 de novembro, a FCA comunicou recall de 6.537 unidades do Jeep Renegade, convocando seus proprietários a atualizarem, gratuitamente em concessionárias da marca o software da central eletrônica do comando da chave de setas. Segundo a montadora, “falha do componente poderá acarretar o não funcionamento das luzes de setas de direção sem a ciência do condutor”.

Três dias antes, em 9 de novembro, a empresa havia convocado proprietários de oito modelos Fiat, todos fabricados em Betim, MG, para checagem de eventual problema na bobina de ignição. Esse recall envolve cerca de 5,8 mil unidades dos modelos Punto 1.6 e 1.8, Doblò 1.8, Uno 1.0, Mobi, Palio Weekend, picape Strada 1.6 e 1.8, novo Palio 1.0 e Grand Siena 1.6, todos ano/modelo 2016-2017.


Foto: Divulgação/Fiat