Por Lael Costa

Em outubro do ano passado, o Scania R440 já havia se tornado o veículo mais vendido pela fabricante no País ao ultrapassar o T113H, até então o campeão titular. Desde que foi lançado, em janeiro de 2012, o caminhão contabiliza 27.758 unidades emplacadas.

Em 2017, no entanto, o modelo acumulou mais um título ao se apresentar como o mais licenciado no mercado total de caminhões ao somar 3.033 unidades, conforme os números mais recentes da Fenabrave.

Leia mais

→https://www.autoindustria.com.br/2017/11/09/scania-e-ponto-fora-da-curva/

→https://www.autoindustria.com.br/2018/01/08/mercedes-benz-lidera-as-vendas-mas-perde-participacao/

O volume alcançado pelo R440, além de representar um crescimento superior a 59% na comparação com os emplacamentos de 2016 (1.905 unidades), proporcionou ao modelo liderança isolada no segmento de caminhões pesados, com participação de 16%, 4 pontos porcentuais a mais em relação à fatia com a qual encerrou o ano anterior.

Anúncio

Com 2.008 unidades licenciadas no ano passado, o Volvo FH540 foi o vice-líder dos pesados, encerrando o período com participação de 10,62%. Em terceiro lugar, ficou outro Volvo, o FH460, com 1.956 licenciamentos, fatia de 10,35% do segmento.

As marcas suecas, aliás, foram as maiores protagonistas pela disputa nas vendas da categoria de pesados em 2017. Das 18.902 unidades que somaram os dez caminhões mais negociados no ranking da Fenabrave, a Scania contribuiu com 4.799 emplacamentos, participação de 25,4% do segmento, enquanto a Volvo entregou 4.469 caminhões (23,7%).

O quarto pesado mais vendido em 2017 foi o DAF XF105, com 880 unidades licenciadas ou 4,66% da categoria. Os caminhões Mercedes-Benz Axor 3344 e Actros 2651, ficaram em quinto e sexto lugares, com vendas de 859 (4,59%) e 719 (3,8%) unidades, respectivamente.

Os Scania P310, R480 e G440 ocuparam da sétima à nona posição. Em 2017 o mercado absorveu, pela ordem, 687, 564 e 515 unidades, proporcionando participações de 3,63%, 2,98% e 2,72%.

Na lanterna do segmento ficou o Volvo FH500, com 505 licenciamentos ou 2,67% nas vendas da categoria de pesados.


Foto: Scania/Divulgação