Por Redação

A Divisão de Veículos utilitários do Grupo PSA encerrou 2017, seu primeiro ano completo de atividades, com 44 mil veículos negociados na região, 13% a mais do que em 2016.

O resultado é recorde para produtos das marcas Peugeot e Citroën, que contaram, respectivamente, com um forte reforço a partir do último trimestre do ano passado no mercado brasileiro: os furgões Expert e Jumpy, modelos já oferecidos em outros países da região.

Os novos produtos são fabricados em parceria com a Nordex, no Uruguai, e, ainda que menores,  substituem, num primeiro momento, os antigos Peugeot Boxer e  Citroën Jumper, que deixaram de ser produzidos em Minas Gerais em cnjunto com a Fiat.

Frédéric Chapuis, diretor da divisão desde sua criação, já arrisca apostar em novo crescimento das vendas este ano. Fala em avanço da ordem de 20%, algo próximo de 52 mil veículos, portanto. E justifica o otimismo:

“Teremos diversos lançamentos importantes de produtos, até disponibilizarmos para nossos clientes uma gama completa de utilitários pequenos, médios e grandes em todos nossos mercados da região.

Anúncio

Leia mais

→Grupo PSA tem novo comando na América Latina

→PSA e ChangAn produzirão na China picape de 1 tonelada

→PSA inicia montagem de dois utilitários no Uruguai

O bom resultado na América Latina repete o desempenho da PSA no segmento em todo o mundo.  Ao longo de 2017, o conglomerado francês negociou 476,5 mil veículos utilitários globalmente, crescimento de 15% sobre o total do ano anterior e recorde histórico. A participação no mercado europeu, onde o grupo é líder, chegou a 20,2%, já sob o impacto da chegada também do Peugeot Expert e Citroën Jumpy, que alavancaram as vendas em quase 50%.

Ao assumir o posto em meados de 2016, Chapuis explicitou os três pilares sobre os quais a divisão trabalhará para expandir os negócios na região: eficácia comercial, pós-venda especializado  e o know-how de produção de veículos da categoria.  E, tão importante quanto, também um forte investimento em lançamentos até o fim da década.

O Grupo PSA pretende lançar  ao menos mais mais seis modelos em vários mercados em todo o mundo, dentre eles uma picape de 1 tonelada.


Fotos: Divulgação/PSA