Por Redação

A ChangAn Automobile e o Grupo PSA assinaram na quarta-feira, 27, acordo de codesenvolvimento de uma plataforma dedicada aos veículos utilitários na fábrica da ChangAn em Ding Zhou, na China, e uma picape de 1 tonelada. O lançamento do comercial leve está previsto para 2020.

A nova picape, segundo a PSA, deve “respeitar as mais rigorosas regulamentações mundiais e satisfazer às expectativas dos clientes, graças a um design marcante e qualidade e durabilidade absolutas”. Ela será destinada a princípio aos clientes chineses e aos grandes mercados de exportação do Grupo PSA.

De acordo com Patrice Lucas, vice-presidente executivo de Programas e Estratégia do Grupo PSA, o novo produto, complementar à picape Peugeot lançada recentemente na África, faz parte da estratégia de core model do Grupo PSA e marcará o retorno da empresa a esse segmento de mercado em crescimento.

“A nova picape contribuirá para que alcancemos os objetivos do plano Push to Pass em termos de veículos utilitários e para que atinjamos nossa meta de elevar os volumes em 30% até 2018 e triplicá-los até 2021 no comparativo com 2015.”

Segundo o conglomerado francês, o mercado de veículos utilitários chegou a 14 milhões de veículos no mundo em 2016. Picapes de 1 tonelada representaram 18% desse mercado, com crescimento anual de 5%.

Anúncio

É um segmento que vem despertando mundialmente o interesse das montadoras, incluindo o das empresas francesas, que até há pouco tempo praticamente não tinham produtos do gênero. A Renault, por exemplo, lançará no Brasil no próximo ano a picape Alaskan, produzida na fábrica que mantém em parceria com a Nissan em Córdoba, Argentina.

O acerto firmado na quarta-feira, 26, entre a PSA e a ChangAn Automobile é a primeira aplicação do acordo assinado em junho pelas duas companhias, quando decidiram reforçar parceria estratégica iniciada há seis anos por meio do estabelecimento da marca premium DS na China.

Mingxue Yuan, vice-presidente executivo de Cooperação e Estratégia da ChangAn, disse que o desenvolvimento conjunto de uma geração de picapes de 1 tonelada é  ótima oportunidade para ambas as empresas atingirem tanto o mercado chinês como o mundial. “É uma importante etapa da cooperação de longo prazo entre o Grupo PSA e a ChangAn.”


Foto: Divulgação/PSA