Por Redação

A Eaton está confiante na continuidade do crescimento do mercado de reposição, que garante ter se intensificado nos últimos meses de 2017, e investe na ampliação de seu portfólio para expandir em mais 15% as suas vendas no segmento este ano.

Com foco no aumento do número de aplicações de embreagens, a empresa lançará novos tamanhos e novas tecnologias de amortecimento torcional, além de cilindros de acionamento e embreagens para veículos automatizados. Há ainda novidades previstas na linha de tomadas de força com sistemas de bombas de acionamento.

Além do aumento de seu porfólio, a Eaton também vê como positivo os sinais de retomada do mercado automotivo brasileiro. Segundo Fernando Piton, gerente de vendas de aftermarket da Eaton, as vendas cresceram de forma significativa nos últimos meses de 2017, motivadas, principalmente, pela forte puxada do mercado agrícola.

Na avaliação de Piton, o aftermarket foi beneficiado nos últimos anos pela instabilidade política e econômica do País: “A redução da entrada de novos veículos comerciais no mercado nacional contribuíram para o aumento da manutenção e, consequentemente, dos negócios do setor de reposição”, explicou o executivo.

Anúncio

E a Eaton aproveitou o período para desenvolver uma série de estratégicas, principalmente no campo de embreagens, para conquistar novos clientes. Desde o ano passado, a empresa passou a investir de forma intensa na capacitação de seu time técnico comercial de campo, na ampliação da oferta de treinamentos, no fortalecimento de seus parceiros e em novos projetos.

Além disso, as unidades móveis intensificaram contatos com frotistas e mecânicos, para dar um suporte mais efetivo e apresentar oportunidades de reduções de custos. “Ampliamos nossa capacidade de levar informações especializadas para o mercado em todo o território nacional, promovendo mais palestras técnicas e comerciais para aplicadores e usuários dos produtos e soluções mecânicas”, complementou o gerente da área.

A Eaton não forneceu dados sobre faturamento e vendas no mercado brasileiro, mas são de conhecimento público seus dados globais. Especializada em gerenciamento de energia, a empresa atingiu vendas de US$ 20,4 bilhões em 2017. Tem 96 mil funcionários no mundo e vende produtos para clientes em mais de 175 países.


Foto: Divulgação/Eaton