Por Redação | autoindustria@autoindustria.com.br

Empresa pertencente à Marcopolo, a Volare transferiu toda a produção dos minis e micro-ônibus da marca da fábrica Planalto em Caxias do Sul, RS, para a unidade Ana Rech, da Neobus, no mesmo município. A mudança, segundo nota da empresa, é o primeiro passo da estratégia definida pela Marcopolo visando ao melhor aproveitamento das sinergias entre as três marcas, com ganhos de eficiência operacional, qualidade e produtividade.

“Temos trabalhado fortemente com foco na segurança, qualidade e aplicação da filosofia Lean e a metodologia Kaizen para tornar todas as nossas plantas as mais eficientes e produtivas possível”, diz Francisco Gomes Neto, diretor-geral da Marcopolo.

Anúncio

A empresa iniciou estudos para melhor aproveitar a capacidade fabril de suas instalações em todo o País após a incorporação da Neobus e da grande queda no mercado brasileiro de ônibus iniciada em 2014, que acabou perdurando até o segundo semestre do ano passado.

A nova linha da Volare possui equipamentos modernos, com melhor fluxo do sistema produtivo, além da otimização dos recursos de logística e almoxarifado, entre outros. “Também proporciona vantagens sensíveis para os colaboradores em termos de ergonomia e conforto”, comenta João Paulo Ledur, diretor do negócio Volare. “O mais importante é que mantivemos todas as pessoas que atuavam na unidade Planalto, tanto as das áreas produtivas quanto as da administrativa”.