Por Alzira Rodrigues | alzira@autoindustria.com.br

Ao contrário do ano passado, quando as vendas diretas foram as responsáveis pelo crescimento do mercado automotivo brasileiro como um todo, este ano há uma melhora efetiva do movimento nas redes de concessionários. Mas os negócios no atacado ainda crescem em índice maior do que os realizados no varejo, aqueles que envolvem o consumidor comum.

De acordo com dados divulgados pela Fenabrave, as vendas diretas foram responsáveis por 38,3% do mercado total de 737,3 mil automóveis e comerciais leves no primeiro quadrimestre, o equivalente a 282,4 mil unidades. No ano passado a participação delas tinha sido de 35,7%, com 218,5 mil unidades de um total de 612,6 mil.

Tais números indicam um crescimento em volume de 29,3% das vendas no atacado, ante a expansão média do mercado de 20,4% considerando os emplacamentos totais do primeiro quadrimestre.

Leia mais

Vendas diretas de veículos crescem 28,3% em 2017

Vendas diretas chegam a 43% e Fenabrave justifica índice

O varejo, em consequência, perdeu participação e, assim, teve crescimento menor. As vendas para pessoas físicas chegaram a 454,9 mil unidades de janeiro a abril deste ano, alta de 15,5% sobre as 393,6 mil licenciadas no mesmo período do ano passado.

Anúncio

A Fiat segue como a marca com maior participação nas vendas no atacado, com fatia de 19,2%. A seguir estão General Motors, com 16,8%, Volkswagen, 16,7%, Ford, 10,7%, e Renault, 9,6%.

Já no varejo  GM e Volkswagen são líderes, mesmas posições que ocupam no ranking por marcas em vendas totais.  Elas têm, respectivamente, 17,2% e 13,3% dos negócios realizados com pessoas físicas.

A Fiat, que no ranking geral ocupa a terceira posição, cai para a oitava se forem consideradas apenas as vendas no varejo, com 8,3% de participação nesse segmento. O terceiro lugar, nesse caso, é ocupado pela Hyndai, com fatia de 11,3%, seguida pela Toyota, com 9,9%. No ranking do varejo vêm na sequência Ford (8,6) e Honda (8,5%).

Leia mais

→Ex-líder, Fiat Uno é agora o 50º lugar em vendas

Os modelos mais emplacados no varejo são Chevrolet Onix, Hyundai HB20, Volkswagen Polo, Ford Ka, Renault Kwid, Honda HR-V, Chevrolet Prisma, Fiat Argo e Corolla e Etios, ambos da Toyota.


Foto: Divulgação