Por Redação | autoindustria@autoindustria.com.br

Com 25 anos de experiência no Grupo BMW, o alemão Mathias Hofmann é o novo diretor da fábrica de Araquari, SC.  Ele substitui o conterrâneo Carsten Stoecker, que ocupava o cargo desde abril de 2016 e acaba de ser designado para nova função na fábrica de motores em Munique. Em suas funções no Brasil, Mathias irá se reportar diretamente para o círculo de produção da BMW na Alemanha.

“É um orgulho assumir a planta do Grupo BMW em Araquari, uma referência em qualidade e processos, que produz veículos globais e com tecnologia de ponta”, comentou Hofmann. “É animador participar da produção do primeiro automóvel com sistemas assistentes de tecnologia semiautônoma fabricado no Brasil, o BMW X3 M40i”.

Anúncio

Formado em engenharia e administração de empresas na Universidade de Stuttgart, na Alemanha, Hofmann já desempenhou funções-chave de gestão em diferentes áreas de produção, como diretor da fábrica de motores em Hams Hall (Inglaterra), diretor da fábrica em Tiexi, Shenyang (China) e vice-presidente de compras de equipamentos de produção e construção, em Munique (Alemanha).]

Leia mais

BMW confirma mais uma versão do X3 em Araquari

BMW I3 volta ao Brasil mais caro

Araquari – São três os modelos da marca são produzidos hoje em Araquari: o BMW Série 3, o BMW X4 e o utilitário esportivo premium BMW X1. A fábrica de Santa Catarina foi responsável por cerca de 80% do total de veículos vendidos pela BMW no mercado brasileiro em 2017.

Com uma área total de 1,5 milhão de m², dos quais 500 mil m² são de área pavimentada, a fábrica da BMW no Brasil  consumiu investimentos da ordem de R$ 930 milhões e é uma das mais modernas do grupo em todo o mundo. Desde sua inauguração, mais de 40 mil veículos já foram produzidos nesta unidade para os mercados do Brasil e de exportação aos países do Nafta.


Foto: Divulgação/BMW