A subsidiária brasileira da Toyota confirmou nesta quarta-feira, 12, que o recall mundial para verificação e troca de chicote elétrico envolve 5.547 unidades do híbrido Prius fabricadas entre outubro de 2015 e maio deste ano e vendidas no Brasil.

Há uma semana o AutoIndústria questionou a Toyota do Brasil sobre a possibilidade de carros vendidos aqui estarem entre as mais de 1 milhão de unidades fabricadas no Japão de 2015 a 2018 e que podem apresentar problemas na cobertura da fiação.

A matriz japonesa admitira no dia 5 que vibrações desgastam precocemente o revestimento do chicote adotado em vários de seus modelos e, em caso de contato com fontes de calor, elevar o risco de incêndio.

“Pode acontecer que o chicote elétrico mantenha contato com a capa de proteção dele próprio e, se tal fato ocorrer, o atrito produzido entre ambas as peças causará o desgaste do isolamento, com o risco de curto circuito que poderá causar incêndio no compartimento do motor do veículo”, acrescenta agora a operação brasileira.

Será um dos maiores recalls mundiais da história da montadora  depois do famoso episódio que envolveu milhões de carros equipados com airbags defeituosos da Takata.

A Toyota, porém, afirma que cerca da metade dos automóveis envolvidos no atual chamamento — perto de 500 mil unidades portanto — foi negociada dentro do próprio mercado japonês. O restante seguiu para Europa, Ásia e Américas. Só para os Estados Unidos foram enviados 192 mil unidades do Prius.

Anúncio

LEIA MAIS

→Recall afeta 1 milhão de veículos japoneses da Toyota

→Toyota antecipa-se ao IPI menor e reduz preço do Prius

→Van Hiace pode ser opção da Toyota para o Brasil

As concessionárias brasileiras estão autorizadas, em casos mais simples, recobrir o chicote elétrico com fita protetora mecânica resistente a atrito. “Se o dano ao chicote for irreparável haverá a sua substituição por um novo devidamente guarnecido pela fita protetora”, acrescenta a Toyota.

A montadora estima que o tempo de reparo poderá variar de 1h30 a 6 horas, dependendo da necessidade da substituição ou não do chicote elétrico. O atendimento na rede de concessionárias começará em 1 de outubro. Os proprietários deverão agendar visita pelo site www.toyota.com.br/web-agenda ou consultar antes o serviço de atendimento ao cliente pelo telefone 0800 703 0206 .


Foto: Divulgação/Toyota