A[/dropcap]s fotos acima não de uma loja de decoração ou mesmo de um lounge de um bar descolado. Acreditem: tratam-se da visão antecipada do estande da Volvo Cars no Salão de Los Angeles, Estados Unidos, que será realizado de 30 de novembro a 9 de dezembro.

Mas onde estão os luxuosos automóveis da marca sueca? Pois é, a grande atração do espaço é exatamente isso: não haverá nenhum, rigorosamente nenhum, veículo exposto ao longo dos dez dias da mostra.

A Volvo Cars diz que, em vez de automóveis, aproveitará o salão para”demonstrar sua visão, redefinindo o que um carro pode ser”. Justifica que “os veículos estão mudando, a indústria está mudando e a expectativa das pessoas que usam carros também está mudando”.

A empresa chega a fazer corajosa afirmação que desagradará os mais apaixonados por automóveis: “A forma como os consumidores experimentam uma marca de carro é hoje mais importante do que o cromo, o couro ou os cavalos de potência do motor”.

Será interessante acompanhar a reação dos visitantes — naturalmente fãs de motores e estilos — quando, no lugar de um reluzente e tecnológico utilitário esportivo XC 90 ou um arrojado carro-conceito, se depararem apenas com uma estrutura onde se lê: “Este não é um carro”.

Anúncio

“Ao nos convidarem para o Salão de Los Angeles os organizadores reconheceram o cenário disruptivo que afeta nossa indústria”, dissez Mårten Levenstam, responsável pela estratégia de produtos da montadora. “Queremos demonstrar que recebemos o memorando e começamos uma conversa sobre o futuro da mobilidade veicular. Então, em vez de trazer um carro-conceito, falamos sobre o conceito de um carro. Não vamos ganhar o prêmio Carro do Salão este ano, mas estamos confortáveis com isso.”

Ao longo da exibição o estande da Volvo será palco apenas de demonstrações interativas de serviços de conectividade, car sharing, de direção autônoma e serviço de assinatura de carros, o Care by Volvo.

A decisão de participar, ainda que dessa forma nada convecional, do evento em Los Angeles, chama a atenção também porque a Volvo já anunciou que não pretende se fazer presente nos muitos salões do gênero em todo o mundo, mesmo os mais importantes. Foi uma das marcas ausentes, por exemplo, do recém-encerrado Salão do Automóvel de São Paulo.

A fabricante prefere, na verdade, gastar sua verba com outras ações de marketing, dentre elas a Volvo Ocean Race, maior e mais sofisticada regata mundial.


Fotos: Divulgação