TOTALEmbora presente há mais de três décadas no Brasil, somente nesta quinta-feira, 22, a francesa Total anunciou seu ingresso no segmento de varejo de combustíveis. Para isso, o gigantesco conglomerado de energia comprou a empresa Zema Petróleo,  que detém rede de mais de 280 postos de combustíveis e bases de armazenamento em especial nos estados de Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso.

O valor da transação não foi revelado, mas as estimativas do mercado giram em torno de R$ 500 milhões. Em comunicado, a Total afirma apenas que “pretende expandir suas atividades na área com o objetivo de dobrar a quantidade de postos embandeirados em cinco anos, especialmente nas regiões Sudeste e Centro-Oeste”.

Anúncio

“Esta aquisição está em linha com a nossa estratégia de expansão em mercados de grande crescimento e nos mercados de biocombustíveis, alinhada com as metas climáticas”, afirma Momar Nguer, presidente de marketing e serviços da Total.

Ao longo de 2019 serão trocadas as bandeiras dos atuais 280 postos e novos postos de referência serão abertos. A empresa pretende oferecer toda sua linha de combustíveis, além de lubrificantes da marca, outros produtos e serviços.

“Ao entrar no mercado de varejo hoje, a Total também confirma seu compromisso de longo prazo com o Brasil”, completou Nguer.

A transação, contudo, ainda depende de avaliação das autoridades concorrencias brasileiras. O grupo já conta cerca de 3 mil funcionários e atua nos segmentos de exploração e produção, gás, lubrificantes, produtos químicos e energia renovável.


Foto: Divulgação