A Case IH, marca da CNH Industrial, já está colhendo os frutos da decisão tomada no segundo semestre do ano passado de investir na venda de tratores articulados no País. Ante apenas 28 unidades do Steiger comercializadas em 2017, já superou este ano a marca de cem negócios fechados com o modelo.

“O Brasil tem grandes áreas e, por isso, usa equipamentos de porte maior, em especial colheitadeiras. Ultimamente, tem migrado para plantadeiras maiores e são elas que demandam grandes tratores. Nesta tendência de mercado, a Case IH está à frente da concorrência com tratores de grande porte”, destaca Lauro Rezende, gerente de marketing de produto da Case IH.

Fabricados há 60 anos no mundo, os tratores da linha Steiger chegaram ao Brasil justamente para atender à demanda do empresário rural por máquinas de grande porte. A linha, que conta com tratores de 370 a 620 cavalos, foi projetada para proporcionar potência máxima em qualquer tipo de atividade ou campo, além das demandas de potência hidráulica de implementos modernos.

Anúncio

LEIA MAIS

CNHi premia fornecedores pela primeira vez

Exportações de máquinas agrícolas superam US$ 2 bilhões

“No ano passado, foram 28 unidades de um mercado de 35. Ou seja, 80% de participação no segmento. Em 2018, com mais de 100 unidades vendidas, consolidamos a força do Steiger no Brasil”, diz Silvio Campos, diretor de marketing de produtos da Case IH.

Segundo a fabricante, o Steiger é a linha de tratores com a maior capacidade de tração no mundo, oferecendo potência máxima em qualquer atividade. “O trator articulado atende a todas as necessidades que vêm do campo, destacando-se por sua força, conforto e economia”, complementa Campos.


Foto: Divulgação/CNHi