Com o objetivo de ser tonar mais enxuta e ágil, simplificando seus processos de decisão, a CNH Industrial decidiu ciar uma nova estrutura organizacional e também fortalecer o seu Comitê Executivo Global (GEC), anteriormente chamado de Conselho Executivo do Grupo.

Os mercados de alto crescimento – América do Sul (incluindo América Central e Caribe), Ásia, Oriente Médio e África – gerenciarão e coordenarão a partir de agora as atividades regionais de vendas, distribuição e negócios em todos os segmentos, assim como as alianças estratégicas da empresa localmente.

Com a nova estrutura, a CNHi quer acelerar o crescimento e a lucratividade, com a tomada de decisões mais rápidas e focadas no mercado, tanto em termos de hardware e software quanto de novos modelos de negócios.

“Nosso setor está experimentando uma aceleração e uma magnitude crescente de mudanças alimentadas por megatendências, como digitalização, automação, eletrificação e novos serviços. As empresas precisam se adaptar, mudar e revitalizar continuamente para responder a esses desafios de negócios e gerar valor a longo prazo com sucesso”, disse Hubertus Mühlhäuser, CEO da CNH Industrial.

Antes de optar pelas mudanças anunciadas na segunda-feira, 14, a empresa realizou uma análise detalhada sobre a forma como vinha desenvolvendo seus negócios. “Embora tenhamos encontrado inúmeras áreas de excelência, conforme indicado por nosso sólido desempenho ano após ano, também identificamos oportunidades de melhoria, o que nos levou a anuncia a nova estrutura organizacional”, observou Mühlhäuser.

A CNHi busca, segundo o executivo, tornar-se mais centrada nos clientes dos cinco segmentos nos quais atua. Esses segmentos serão totalmente responsáveis pelo crescimento global e pelo desempenho de seus respectivos negócios, com cada um deles passando agora a ter líderes de linha de produto, de marca e de função de suporte.

Anúncio

LEIA MAIS

CNHi premia fornecedores pela primeira vez

Case CE mostra conceito da retroescavadeira Wireless

Iveco tem nova família de caminhões pesados

New Holland desenvolve retroescavadeira acessível

O segmento de Agricultura (Case IH e New Holland Agriculture, juntamente com a marca regional da Steyr, presente unicamente na Europa), será liderado por Derek Neilson, enquanto o de veículos comerciais (Iveco, Heuliez Bus e Magirus) ficara a cargo de Gerrit Marx.

A área de construção (Case Construction Equipment e New Holland Construction) será coordenada por Carl Gustaf Gör a ser lansson, e a de Powertrain por Annalisa Stupenengo. Já o sesgmento de serviços financeiros (Banco CNH Industrial) continuará sob a liderança de Oddone Incisa.

A CNHi também decidiu realocar recursos e fundos, a fim de acelerar suas atividades nas áreas de automação, veículos elétricos, digitalização e novos serviços, entre outras. A implementação dessas mudanças organizacionais prosseguirá nos próximos meses e incluirá o desenvolvimento de um plano estratégico de negócios da CNH Industrial baseado na nova estrutura e direção da empresa.


Foto: Divulgação/CNHi