A chegada ao mercado do Virtus e Voyage automáticos ajudou a Volkswagen a acelerar as vendas para taxistas. Balanço divulgado pela montadora na terça-feira, 22, indica aumento de 57% no volume de unidades comercializadas nesse segmento em 2018 em relação ao ano anterior.

No acumulado do ano foram negociadas 12.221 unidades, ante as 7.783 de 2017. O modelo de maior demanda junto a esse público, com 4.661 unidades, é o Virtus. O sedã, segundo a Volkswagen, já está presente em 23 aeroportos do Brasil. Na sequência vêm o Voyage, com 4.387 unidades, e o SpaceFox, com 1.391. Fox e o novo Gol também ocupam posições de destaque nesse ranking.

“Com a chegada do Virtus e do Voyage automáticos, aumentamos a nossa oferta de sedãs e os taxistas são grandes consumidores desse tipo de veículo, justamente pelo porta-malas amplo”, explica Gustavo Schmidt, vice-presidente de vendas e marketing da Volkswagen do Brasil.

LEIA MAIS

Volkswagen é a marca que mais cresce no País

Anúncio

Volkswagen Virtus atropela concorrentes e dobra segmento

Segundo Schmidt, o segmento de táxis é estratégico para a marca pelo volume de vendas e resultados relevantes que tem conquistado: “A rede de concessionários Volkswagen, que conta com mais de quinhentos pontos de venda em todo o País, está preparada e em contínuo treinamento para receber as demandas de seus clientes”.

A rede da marca também conta com concessionárias especializadas que oferecem, por meio do Táxi Center benefícios exclusivos para o setor. Dentre eles destacam-se o menor prazo de entrega, box prioritário na oficina para atendimento ao  taxista e 10% de desconto em peças e mão de obra.


Foto: Divulgação/VW