Para compensar a queda das vendas para a Argentina, que enfrenta forte retração em seu mercado automotivo, a MTE-Thomson está diversificando suas exportações e busca novos clientes principalmente no Norte da África.

“Exportamos 50% do que produzimos no Brasil”, comenta o diretor de marketing da empresa, Alfredo Bastos. “Atendemos os mercados da América Latina, principalmente o México, além dos Estados Unidos e Alemanha”.

A Argentina, segundo Bastos, não é o principal cliente da empresa. Mas a desaceleração das vendas para o país vizinho levou a MTE-Thomson a diversificar seus negócios externos para manter este ano pelo menos o mesmo nível de exportações do ano passado.

“Já exportávamos alguma coisa para a África do Sul e agora estamos buscando novos negócios no Norte do continente. No ano passado, por exemplo, participamos da feira de autopeças do Egito”.

Pioneira na produção de sensores lambda no Brasil, a MTE-Thomson participa da Automec 2019, que acontece no São Paulo Expo, na capital paulista, até sábado, 27, com a exposição das suas principais linhas de produto e as novidades que vêm por aí.

Com fábrica em Jaguariuna (SP), a empresa tem forte participação no mercado de reposições. Do seu faturamento total, 95% são negócios relativos ao aftermarket, metade no mercado brasileiro e o restante em exportações. Segundo Bastos, a MTE-Thomson teve crescimento de 8% na reposição em 2018 e espera nova alta de 10% para este ano.

Anúncio

LEIA MAIS

Automec: esquentando os motores.

Automec inova com agenda de negócios

Dentre os lançamentos na Automec, destaque para os sensores Banda Larga 5 fios e os A/F – 4 fios (Air Fuel – Relação Ar/Combustível em inglês), que são mais precisos para medir e buscar a mistura ideal, conseguindo monitorar o quanto está rica ou pobre, diferente dos modelos Finger e Planar.

Além disso, a empresa expõe o PassatMTE, desenvolvido em parceria com Marcelo Tonella, especializado em restauração de veículos Volkswagen. Os visitantes podem entrar no carro e dar uma volta virtual com ele no estande.


 

Foto: MTE-Thomson

O