Após ampliar em 20% suas vendas no aftermaket no ano passado, a BorgWarner mantém ritmo de crescimento nessa mesma faixa este ano, fruto de uma série de lançamentos no mercado interno e também de uma maior abragência da rede de distribuição, principalmente no segmento de turbos para veículos leves.

“No período de 2016 a 2019 expandimos nosso portfólio em 150 novos produtos”, revela Nelson Bastos, responsável pelo aftermarket América Latina para Turbos e Thermal Systems.

Este ano, a empresa iniciará a venda de mais 13  novos modelos de turbo. Serão oito novidades para veículos pesados, com aplicação em modelos Iveco, Scania e Volvo, e cinco no segmento de leves e picapes, destinados a modelos das marcas Kia Motors, Nissan e Toyota.

Segundo Bastos, 20% do faturamento da operação Brasil advém da reposição, sendo que do total vendido nesse segmento, 37% destinam-se às exportações para mercados como Colômbia, México, Chile e Peru, dentre outros, todos também em expansão.

A BorgWarner aproveita a 14ª Automec, que acontece no São Paulo Expo, na capital paulista esta semana – o encerramento é neste sábado, 27 -, para mostrar novidades e ampliar contatos com compradores internos e externos. “O movimento está espetacular, tanto em termos de público como de encaminhamento de novos negócios”.

Líder no mercado de reposição de turbos, a BorgWarner atualmente está expandindo a rede de atendimento no segmento de veículos leves. “Utilizados nos motores diesel há muitos anos, os turbos passaram a ser usados em automóveis e comerciais leves a gasolina ou flex mais recentemente, razão de a reposição nesse segmento estar ganhando força só agora”.

A empresa começou a rede de atendimento de produtos nesse segmento há apenas 2 anos e já conta com oito distribuidores no País. Bastos destaca que durante a crise do mercado automotivo brasileiro a empresa não suspendeu investimentos no aftermarkt, razão principal de agora estar crescendo consistemente na área.

Anúncio

Na Automec, a empresa mostra novidades nos segmentos de veículos leves, pesados e utilitários, algumas das quais serão lançadas ao longo de 2019. Um dos destaques é o novo turbo com aplicação na picape Toyota Hilux, que emprega a tecnologia VTG (Turbina de Geometria Variável), já disponível no mercado brasileiro.

“A Automec é evento estratégico e de grande relevância para a BorgWarner”, comenta Bastos. “É uma excelente oportunidade para reforçar nossa posição como fornecedora de produtos para o mercado de reposição, apresentando novos produtos e a remodelação da rede de distribuição”.

LEIA MAIS

Automec 2019 reunirá 1,5 mil marcas

BorgWarner: 5 milhões de turbos no Brasil.

BorgWarner à espera da demanda pela eletrificação da produção mundial

De acordo com dados divulgados pela BorgWarner, a frota circulante de veículos leves nacionais com motores turbo é de mais de 3,3 milhões de unidades e chega a 1,8 milhão de modelos importados nesse mesmo segmento. Há, ainda, mais de 2,1 milhões de veículos pesados – nacionais e importados – rodando no Brasil com motores turbo.

Além dos novos turbos, a empresa também lança na Automec sete modelos de embreagens viscosas destinados à linha de pesados das montadoras Volvo e Iveco e às picapes S10, Ranger e Hilux. Apresenta, ainda, dois novos motores de partida, com aplicação para caminhão Volkswagen Delivery, dentre outros produtos.


Foto: Divulgação/BorgWarner